Mercado

Usado da vez: Prisma seminovo é opção em alta

Sedã chegou ao Brasil em 2006 em sua primeira versão, derivado do Celta e agora segue as mesmas linhas do mais vendido, Onix

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/04/2018 15:48 / atualizado em 16/04/2018 15:55 Débora Eloy


O principal sedã da Chevrolet, Prisma, chegou oficialmente ao Brasil em 04 de outubro de 2006. Desenvolvido 100% pela GM do Brasil, a primeira versão do modelo foi derivada do Celta. Compartilhando da mesma plataforma do compacto, a marca utilizou da mesma estratégia de marketing do lançamento do Vectra, apresentando- o aos poucos. Primeiro divulgou o nome do veículo, depois os traços finais, motor e fotos de divulgação.


A primeira geração era equipada com um motor 1.4 que entregava até 97 cavalos. A segunda geração, lançada em 2010, deu mais espaço ao Prisma. Para essa alteração a Chevrolet utilizou a plataforma GSV, a mesma utilizada em Onix, Cobalt, Sonic e Spin. Também nessa época, o sedã recebeu novos motores, a opção do câmbio automático e mais segurança.

 

Chevrolet / Divulgação
 


O modelo figura atualmente entre os 10 mais vendidos no Brasil. “Além de design e espaço interno, o Prisma também se destaca pelo tamanho do porta-malas com capacidade para 500 litros”, aponta Fábio Moraes, consultor de vendas da Autonunes. As dimensões da segunda geração do Prisma dão conta de 4,2 metros de comprimento, 2,5 metros de entre-eixos, 2 metros de largura e 1,5 metros de altura. O tanque de combustível tem capacidade de até 54 litros.


Um dos modelos mais procurados é o 2015, já que conta com alguns equipamentos mais modernos. “Na versão LT, o sedã já conta com a central multimídia MyLink. O preço também é outro atrativo. A mesma versão, com um motor 1.0 parte dos R$ 35 mil”, comenta Fábio.

 

Chevrolet / Divulgação
 


Voltado para o público família, o Prisma se destaca por sua comodidade. “Geralmente são pais com filhos pequenos que chegam procurando pelo veículo”, reforça o consultor. Em 2015 o sedã foi o mais vendido na categoria no mercado brasileiro e, no ano seguinte, ganhou seu mais recente facelift com nova frente a ajustes na tampa traseira, além da segunda geração do sisema MyLink e o sistema de coucierge OnStar.


Dentro do mercado, os principais concorrentes do Prisma são Hyundai HB20S, o Nissan Versa, o Volkswagen Voyage e o Toyota Etios sedã.

 

 

Tags: lexus crossover importado japão RX 350 Lexus RX 350 motor V6 Portal VRUM Estado de Minas

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
20 de setembro de 2018
19 de setembro de 2018
18 de setembro de 2018