Duas rodas

Normas para freios de motocicletas

Nova legislação obriga montadoras a apostarem em freios ABS ou CBS nas motocicletas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/09/2018 08:18

CBS funciona acionando os dois freios, já o ABS é responsável por evitar o travamento das rodas em frenagens bruscas. Foto: Honda / Divulgação - CBS funciona acionando os dois freios, já o ABS é responsável por evitar o travamento das rodas em frenagens bruscas. Foto: Honda / Divulgação
Até o final de 2019, todas as motocicletas novas devem vir equipadas, de série, com freios ABS ou CBS. A norma do Contran, estabelecida em 2016, fez com que as montadoras iniciassem um processo de atualização de seus modelos. Isso ficou mais evidente com os recentes lançamentos da Honda no Brasil. Diversas motos estão sendo apresentadas na versão 2019 com uma das opções de fábrica. Mas, qual a diferença entre os tipos de freio? Ou, pra quem não lembra, qual tipo de motocicleta existe só o ABS e qual pode optar pelo CBS? O DP Auto levantou todas as informações a respeito do assunto, confira.

Exclusivo das motocicletas, o freio CBS é o queridinho de quem está saindo agora para as pistas depois de tirar a carteira. Ele funciona acionando os dois freios ao mesmo tempo, o que dá mais estabilidade sobre duas rodas. Ao acionar o brake traseiro, através do pedal, o dianteiro é automaticamente colocado para funcionar.

No momento em que o piloto aciona o pedal de freio traseiro, o dianteiro é acionado simultaneamente e a frenagem é distribuída de forma inteligente. Essa modalidade funciona entregando 66% da frenagem na roda traseira e 34% na dianteira.

Acima de 300 cilindradas, as motos só podem ter ABS. Foto: Honda / Divulgação - Acima de 300 cilindradas, as motos só podem ter ABS. Foto: Honda / Divulgação
Com esse sistema é possível evitar derrapagens com a roda traseira, passando mais segurança e controle para o piloto e uma frenagem mais rápida. Colocando em números, por exemplo, uma motocicleta sem CBS leva entre 30 e 41 metros para parar quando o condutor utiliza apenas o freio traseiro e dependendo da dosagem aplicada. Já com o sistema CBS, esse número cai para 28 metros.

Enquanto o freio ABS, que também pode ser encontrado nos carros, é visto como mais fácil de ser utilizado por quem já tem experiência. Ele é responsável por evitar o travamento das rodas em frenagens bruscas. Dessa forma, facilita a parada em pisos mais escorregadios, passando mais segurança e controle durante a condução.

Mas, não são todas as motocicletas que precisam ter o CBS e o ABS, dependendo da cilindrada, a indicação da nova legislação indica um ou outro. Por exemplo, para os freios ABS, a obrigatoriedade é para as motocicletas acima de 300 cc, já abaixo disso, é possível optar pelo ABS ou CBS.

O processo de mudanças começou gradativamente, no ano de 2016, 10% dos modelos novos precisavam ter a opção, já em 2017, esse número subiu para 30%, este ano a obrigatoriedade foi para 60% e em 2019 100% das motocicletas novas precisam vir ou com ABS ou com CBS.

 

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
14 de dezembro de 2018