Polêmica

Fiat Chrysler encara greve na Itália

Protesto foi desencadeado por funcionários da empresa que questionam a ida de Cristiano Ronaldo à Juventus. Família Agnelli é responsável por 30% da Fiat e 64% da Juventus

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/07/2018 11:14 / atualizado em 12/07/2018 17:45


Fiat/Divulgacao

Uma notícia revelada nesta semana despertou a atenção do mundo todo. Trata-se de uma greve iniciada por um dos sindicatos de trabalhadores da Fiat Chrysler (FCA). A alegação dos funcionários é a ida do craque português para o clube de Turim nãio estaria certa. Isto porque a família Agnelli, uma das fundadoras da Fiat e que possui atualmente 30% da Fiat Chrysler, também é dona de 64% da Juventus.


Apesar da Juventus e FCA serem empresas totalmente separadas, os trabalhadores acreditam que os € 100 milhões (cerca de R$ 447 milhões) que o time pagará ao Real Madrid teriam outros usos mais benéficos para a sociedade como um todo. Em nota, o sindicato USB afirmou que "Os proprietários deveriam investir em carros novos que garantam o futuro de milhares de pessoas, em vez de enriquecer apenas uma", completa. 


Fonte: G1

Tags: vrum Estado de Minas aptidão para asfalto estilo aventureiro conjunto mecânico da Z-300 e da Ninja 300 motor de dois cilindros paralelos Aventuras virtuais Kawasaki Versys-X 300

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
16 de outubro de 2018
15 de outubro de 2018