Segurança

Oficina: A hora certa para ajustar os freios

Um dos principais componentes de segurança no veículo, o sistema de freios, precisa de atenção extra na hora da revisão do veículo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/04/2016 11:11 / atualizado em 18/04/2016 14:04 Débora Eloy

Uma das partes mais importantes na segurança do veículo é o conjunto de freios. Afinal, ninguém quer descer a Ladeira da Misericórdia, em Olinda, desenfreado. Seja um recém-chegado Fiat Mobi ou uma clássica Harley-Davidson, não importa, todo veículo precisa de um brake. Composto por uma pastilha e um disco, o sistema possui capacidade de parar veículos de até 623 toneladas (isso mesmo), no caso um caminhão de mineração super potente.  

Linaldo Ralf, do Centro Automotivo Ferreira Costa, mostra os desgastes nas pastilhas e no disco de freio - Julio Jacobina/DP Linaldo Ralf, do Centro Automotivo Ferreira Costa, mostra os desgastes nas pastilhas e no disco de freio
Na visita à oficina, o mecânico irá observar com cuidado (ou pelo menos deveria) o fluido do freio, que necessita de troca no mínimo uma vez ao ano. Caso contrário, o líquido ferve, formando bolhas de ar, diminuindo a eficiência. No sistema de freio a disco, as pastilhas são responsáveis pela parada do carro. Quando desgastadas, a eficácia da frenagem diminui o que pode colocar em risco quem está dentro do veículo. Além disso, aumenta o desgaste do disco de freio, já que as pastilhas evitam o atrito entre metais na frenagem.

A duração das pastilhas está diretamente ligada à forma de condução. Se o motorista transita com frequência em centros urbanos, onde é necessário frear constantemente em engarrafamentos e sinais, o tempo de vida útil irá diminuir. Vale salientar que mesmo fora dos centros urbanos as pastilhas e os discos estão sujeitos a terem vida útil mais curta se o motorista tiver o costume de acelerar muito o carro já que a frenagem eleva a temperatura e o desgaste.

Em carros mais equipados existe um indicador de desgaste das pastilhas de freio que informam ao motorista a hora de fazer a troca. No entanto são poucos que possuem esse sistema, por isso a maioria dos condutores precisam estar atentos à outros sinais.

Um detalhe fundamental é o condutor apurar os ouvidos, já que as pastilhas de freio possuem um indicador de desgaste que esbarra no disco de freio e produz um ruído metálico. “Trepidação ou barulhos na hora de freiar quer dizer que está na hora de trocar as pastilhas de freio”, como esclarece o diretor da Regulex, Marcelo Lopes. Ao menor sinal de algum barulho desse tipo é importante levar o carro até uma oficina para checar se está tudo certo com o sistema de freio. As chances de serem as pastilhas de freio desgastadas são grandes, principalmente se o carro já passa dos 30 mil km rodados.

Os números também são indicadores de troca. “Em média, as pastilhas e os discos devem ser trocados de 25 a 30 mil Km. Já o fluido tem prazo de validade e deve ser trocado a cada dois anos”, esclarece o gerente de produtos do Centro Automotivo Ferreira Costa, Linaldo Ralf e que é corroborado por Marcelo “É recomendado trocar o fluido de freio a cada dois anos ou 20 mil quilômetros rodados”, alerta. Outro ponto esclarecido por Ralf é o que deve ser trocado na hora da revisão. “Uma observação importante é que sempre que for trocar o conjunto de peças, deve se substituir as duas rodas dianteiras”, explica.
Perceber dificuldade ao acionar o freio, o chamado freio longo ou esticado, é outro problema que pode estar associado ao mal funcionamento do sistema de freios. Ou até mesmo a sensação de que o pedal fica mais solto.

A atenção deve ser redobrada nos pneus dianteiros, já que são eles os mais acionados durante a frenagem. Em boa parte dos veículos brasileiros, as pastilhas de freio só são encontradas nas rodas da frente, já que são elas que utilizam freio a disco. Enquanto na traseira é usado o tambor, menos utilizados. Mas as montadoras costumam compensar isso instalando pastilhas menores nas rodas traseiras para que o tempo de troca se iguale, facilitando o controle do condutor. Por último, é sempre importante consultar as especificações do manual do proprietário e até observar os dias de revisões, para não perder a garantia (quando tiver).

 

Dicas

 

- Utilizar peças da montadora
- Verificar os discos de freio
- Evitar frenagem repetitiva e/ou agressivas
- Não manter o freio acionado n Trocar os fluidos antes
    do prazo de validade
- Não acionar o freio com força

 

Serviço

Espaço Car Auto Centro
Fone: (81) 3268 – 6379

Via Total Centro Técnico
Fone: (81) 3035 – 0472 /
3326 – 9655

Centro Automotivo Bosch Car Fone: (81) 3227 – 7957

Centro Automotivo Ferreira Costa
Fone: (81) 3338 – 8388

 

 

Relembre: 

 

Tags: carro

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
15 de dezembro de 2017