Salão de Genebra

Confira as estreias e lançamentos das montadoras no evento da Suiça

Além de acompanhar as tendências mundiais do mundo automotivo, carros inéditos, diferentes e esperados lançamentos também são vistos no Salão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 03/03/2016 14:13 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco

Do esportivo ao compacto, o Salão de Genebra é conhecido por exibir praticamente todo tipo de modelo. A edição de 2016 não foge à regra e traz novidades de marcas consagradas. Assim, além de acompanhar as tendências mundiais do mundo automotivo, carros inéditos, diferentes e esperados lançamentos também são vistos. Confira alguns!

 

Finalmente revelado
A Volks lançou o T-Cross como um conversível de duas portas. Segundo a montadora, essa é a única diferença dessa versão conceito para a de produção. Pois esta última terá o mesmo tamanho, potência e design do conversível. O veículo deve chegar às lojas na metade de 2018. De acordo com a montadora, o T-Cross chegará ao mercado com o motor 1.0 três cilindros turbo da marca, o mesmo usado pelo up! TSI, que abre mão de tecnologias como a injeção direta e o turbo compressor para chegar a um redimento de 105 cv e 16,8 kgfm de torque e habilitado para funcionar com etanol. O câmbio será o DSG, com sete marchas e dupla embreagem.

 

Fabrice Coffrini / AFP
 

 

Van moderna
A Citroën se uniu ao grupo francês ‘Hyphen Hyphen’ e criou um protótipo para apresentar no Salão. O modelo toma como base o novo furgão SpaceTourer e dá ao carro um visual robusto, imitando os SUVs. Parte do design é herdada diretamente do Aircross Concept, como os para-choques, os arcos das rodas alargados e as proteções da parte baixa de toda a carroceria. Com tração nas quatro rodas, o SpaceTourer tem motor diesel 2.0 BlueHDi de 150 cv e transmissão manual de seis marchas.

 

Fabrice Coffrini / AFP
 

 

Reestilizado
Lançado em maio de 2013 na Europa, o Peugeot 2008 versão 2017 foi apresentado com sua primeira reestilização e mudanças bem sutis. As novidades ficam por conta do novo motor e da inédita versão GT Line. No interior, destaque para a central multimídia com MirrorLink e Apple CarPlay. A versão GT Line adiciona rodas de liga leve 17”, emblemas alusivos e interior em preto e vermelho. A nova gama de motores tem o propulsor 1.2 três cilindros em três versões de potência e dois 1.6 a diesel. 

 

Fabrice Coffrini / AFP
 

 

Acabamento não falta
Um dos destaques da Renault é a minivan Scenic. O monovolume, inspirado no conceito R-Space, mede 1,65 m de altura, 4,40 m de comprimento e 1,86 m. Internamente, o destaque é a central multimídia compatível com os aplicativos Android Auto e Apple CarPlay, fornecendo conectividade com os smartphone e a possibilidade de fazer uso dos apps. A minivan está disponível em duas cores e tem boa lista de itens de série. Previsão de vendas no mercado não foram divulgadas.

 

Fabrice Coffrini / AFP
 

 

No Brasil primeiro
O mercado automotivo brasileiro recebe boa parte de suas novidades tempos após a apresentação dos modelos no exterior. Com o up! foi um pouco diferente: ele estreia novo design para os europeus (que envolve para-choque dianteiro com entradas de ar maiores, além de lanternas reorganizadas internamente e para-choque de trás com novos recortes), mas uma das novidades mais significativas - o motor 1.0 TSI - nós recebemos primeiro, com sete meses de antecedência. O modelo apresentado tem quatro opções de motorização: 1.0 três cilindros MPI (aspirado) de 60 cv, 1.0 MPI de 75 cv, e-up! (totalmente elétrico, rende o equivalente a 82 cv). E ainda o eco up!movido a gás natural, gerando 68 cv.

 

Fabrice Coffrini / AFP
 

 

Dieselgate
Um protesto inusitado interrompeu a coletiva da Volkswagen no Salão. Vestido como um mecânico da empresa e carregando uma maleta com os dizeres “caixa de fraudes”, o humorista Simon Brodkin interpelou o discurso do diretor de marketing e vendas do Grupo Volkswagen, Jürgen Stackmann. Brodkin se debruçou sob um up! e simulou a instalação de um novo software, em clara referência ao “dieselgate”, o escândalo mundial causado pela fraude de emissões de poluentes de motores a diesel de vários modelos da marca. Visivelmente constrangido, Stackmann tenta retirá-lo do palco, o que só acontece depois de vários segundos, quando alguns seguranças se aproximam e levam Simon para fora do local.

 

 

Futurista
Um dos grandes destaques da Toyota foi a revelação da versão de produção do C-HR. O futuro concorrente do Honda HR-V manteve linhas futuristas e parecidas com o conceito apresentado em Frankfurt, ano passado. O C-HR parece um coupé musculoso e está posicionado abaixo do RAV4. O carro terá motores 1.2 turbo de 116 cv e 1.8 híbrido, com 122 cv, mas alguns mercados terão propulsores híbridos e 2.0. Serão duas opções de câmbio: manual de 6 marchas ou automatizada CVT.

 

Fabrice Coffrini / AFP

 

Inédito
A família Honda Civic não para de crescer e na Suíça foi a vez da aparição do hatch, o conceito Prototype. Ainda não é o que será vendido na Europa no começo de 2017 e futuramente nos principais mercados do mundo, mas foi a versão que a Honda exibiu no Salão. O visual esportivo é reforçado com para-choques diferentes, pneus largos, saias laterais, aerofólio e dupla saída de escape central. O hatch terá três opções de motor: os 1.0 e 1.5 litro VTEC Turbo e 1.6 i-DTEC diesel.

 

Fabrice Coffrini / AFP

 

Estreia
A Seat, do grupo Volkswagen,  apresentou o seu primeiro SUV, o  Ateca. Baseado na plataforma modular MQB (a mesma do Tiguan), o modelo é a aposta da marca espanhola para brigar em um dos segmentos mais promissores do mercado automotivo. Medindo 4,36 m de comprimento, o Ateca mira concorrentes como o Ford Kuga e Hyundai ix35. O SUV será lançado na Europa em setembro deste ano com preço inicial abaixo dos 20 mil euros (cerca de R$ 85.600 em conversão direta).

 

Fabrice Coffrini / AFP
 

Tags: do

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
23 de novembro de 2017
22 de novembro de 2017