Tecnologia

Menos inovação, mais tecnologia

Volks lança Gol e Voyage 2017 com 1.0 de três cilindros, conectividade e novo painel. Já a carroceria é a mesma, das antigas. A garantia agora são de três anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/02/2016 13:09 Jorge Moraes /Diario de Pernambuco

Pedro Danthas/ Volkswagen/ Divulgação
 

 

São Paulo - O que esperar dos novos Gol e Voyage? Por fora praticamente nada, ou quase nada. Embaixo do capô, o 1.0 EA211 de três cilindros e seus 82 cavalos de potência no etanol faz a diferença. Já o 1.6 MSI de 104 cv talvez nem seja o seu foco, mas existe e está na prateleira. No Gol, o motor 1600 representa 20% do mix enquanto no sedã a relação é inversamente proporcional. Os preços partem de R$ 37,7 mil com ar e direção e R$ 43,8 mil respectivamente.

Na cabine, o painel redesenhado tem estilo, mesmo sendo alto em relação ao posicionamento do condutor. A Volks “esqueceu” de trocar os bancos e por exemplo, pegar emprestado os assentos do Fox ou criar semelhantes. No Voyage Highline, se os bancos são forrados em couro, o assento traseiro perde o terceiro apoio de cabeça. Já pensou? Motivo? O banco bipartido com o suporte de braço.
O motorista vai curtir o pacote de tecnologia nas versões mais caras, principalmente na Highline seguida pela Comfortline (que recomendo). O Gol Trendline é o carro de partida. No Voyage espera-se um pouco mais cabendo ao modelo intermediário, o papel de defesa dos VWs nacionais. O fabricante lança também o Connect, série especial de 45 mil e alguns mimos como friso do painel na cor azul e detalhes da mesma cor nas laterais dos bancos.

 

Pedro Danthas/ Volkswagen/ Divulgação
 

 

Em ambos, pode namorar com o painel que ficou bonito. Nesse ponto a evolução é percebida em acabamento, uso de cores e textura (ficando de fora o Trend). No Comfortline é bicolor, assim como nos mais caros das linhas. A chave canivete assegura elegância ao contato. No Trend isso não acontece e a rodagem aro 14 é coberta com calotas. Nos demais aro 15 e até 16 como opcional.

Conectividade
O sitema de som com possibilidade de espelhar o smarthphone e ao mesmo tempo conectá-lo às plataformas Carplay (para Apple) e androidauto é charmoso e usual, nesse ponto, olhando literalmente de frente, dentro da cabine, a impressão de up grade é clara. O volante de três raios novo e multifuncional para os Comfortline, Highline e a limitada Connect.

O infotainement oferece as telas de cinco polegadas ou de 6,33 (a melhor) na central batizada de Discovery Media. O modelo mais vendido deverá ser o Composition touch (intermediário). O SMS, por exemplo, é uma das funções de leitura do equipamento. No painel, aprecie também o suporte vertical de celular.

Dirigindo
O 1.0 de 82 cv no Etanol poderá ser a melhor compra custo-benefício. Siga o conselho se a decisão pela compra for tomada. O câmbio MQ200 de cinco marchas, um pouco mais longo, também casou bem com as relações de saída do veículo. A suspensão mais suave um pouco conta a história da engenharia alemã. Durinha e precisa. O Gol 1.0, nossa uniadade de teste manobra bem.

O carro faz 0 a 100 Km/h em pouco mais de 12 segundos, testamos isso, e a máxima de 168 Km/h. No 1.6, o Gol vai aos 188 Km/h enquanto o Voyage 191 Km/h. ABS com controle de frenagem e air bags frontais todos já sabem, são de série.

Mas o que ficou legal foi o alerta de emergência em caso de pisada brusca no freio. O I-motion automatizado faz parte do leque de ofertas. Confira mais dados na ficha técnica.

O design
Melhorou, suavizou e apenas isso. Mas de longe é quase que impossível diferenciar o 2015 do 2017. Somente após às 18h com lanternas e faróis (reestilizados) ligados. Isso para o Gol porque o Voyage só na dianteira. As mudanças foram leves, de para-choques, por exemplo, grade e conjunto ótico.

*Viajou a convite da VW

 

Ficha técnica

 

Gol 1.0 (g/e)
Potência máxima:
75 cv/ 82 cv a 6.250 rpm
Torque máximo:
 9,7 kgfm/rpm/ 10,4 kgfm/rpm
Câmbio:
manual de 5 marchas
0 a 100 km/h: 12,6 s/ 12,3 s
Velocidade máxima:
168 km/h/ 170 km/h

Gol 1.6 (g/e)
Potência máxima:
101 cv/ 104 cv a 5.250 rpm
Torque máximo:
15,4 kgfm/rpm (g) / 15,6 kgfm/rpm
Câmbio: manual de 5 marchas ou automatizado
0 a 100 km/h: 10,1 s/ 9,8 s
Velocidade máxima:
186 km/h/ 188 km/h

Voyage 1.0 (g/e)
Potência máxima:
75 cv/ 82 cv a 6.250 rpm
Torque máximo:
9,7 kgfm/rpm/ 10,4 kgfm/rpm
Câmbio: manual de 5 marchas ou automatizado
0 a 100 km/h: 12,9 s/ 12,7 s
Velocidade máxima:
173 km/h/ 175 km/h

Voyage 1.6 (g/e)
Potência máxima:
101 cv/ 104 cv a 5.250 rpm
Torque máximo:
15,4 kgfm/rpm (g) / 15,6 kgfm/rpm
Câmbio: manual de 5
marchas ou automatizado
0 a 100 km/h: 10,1 s/ 9,9 s
Velocidade máxima:
190 km/h/ 192 km/h
Porta-malas:
Gol - 285 litros
Voyage - 480 litros

Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
15 de dezembro de 2017