Salão de São Paulo

Salão de São Paulo: Confira as nossas impressões direto do autoshow Paulista

Montadoras, aquelas que tiveram tempo, apresentam seus lançamentos que irão ganhar as ruas já em 2017. Bienal empolga mercado automotivo e também mostra conceitos e esportivos de tirar o fôlego

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/11/2016 15:46 Jorge Moraes /Diario de Pernambuco

São Paulo – O Salão do Automóvel de São Paulo representa bem o atual momento da indústria brasileira. As marcas exibindo poucas novidades de verdade, dezenas delas já antecipadas em nossas páginas e na web no portal Vrum. A bienal abre as portas hoje, a partir das 10h, com a inauguração oficial do evento e segue até o dia 20 no Pavilhão da Expo da Imigrantes.

 

Entre as atrações conceituais que tal buscar na receita dos anos 1980 a fórmula dos elementos que construíram o Gol GT como poucas vezes a Volkswagen acertou na concepção do produto. E eles ainda exibem o E-buddy (espécie de Kombi futurista) e o T-Cross, modelo inspirador do primeiro SUV nacional do fabricante.


Na Chevrolet, Camaro, Cruze hatch e a elegante reforma no Tracker chamam a atenção do visitante e poderá surpreender também. Os dois últimos começam as vendas no próximo mês. A Fiat nada fez de novo, mas ao menos apresenta o conversível 124 Spider. Na Jeep, destaque para o Renegade 2017 Limited com nova grade cromada, teto preto e acabamento completo por dentro.


A Ford fez a célebre apresentação para o segundo semestre de 2017 do Mustang. Finalmente, mas nada de novo, o novo EcoSport. Esse ficou para a virada do ano. A Renault, além de Marina Ruy Barbosa, debutou o Captur e o Kwid, ainda conceito. Montadora está cheia de protocolos para provarmos a cabine do compacto.


No balanço das novidades, a Land Rover Discovery com motor V6 3.0 e a Mercedes com seis lançamentos, mas destacamos o GLC coupé e o Classe E 43 AMG. Na Audi, o estande mais imponente com direito a S5, R8 Plus, e seu festival de carros de alta performance como o RS7. A Toyota perdeu a chance de mostrar a versão final do C-HR e veio do conceito do produto achando que o brasileiro não precisa saber do futuro, aliás do presente.

 

 

Jorge Moraes/ DP

 

Hyundai Creta// Suv ofuscou concorrentes na Expo São Paulo com visual equilibrado e duas opções de motores. Crossover será produzido no Brasil, na mesma fábrica do HB20

 

Hyundai
É um capítulo à parte com o Creta, que ofuscou um pouco as primeiras impressões visuais do Honda WR-V. O crossover feito no Brasil é visualmente equilibrado e com duas motorizações de oferta: 1.6 e 2.0. A montadora também exibe a picape conceito Creta STC (Sport Truck Concept) maior do que o Creta SUV e seguindo a tendência da Fiat Toro. A surpresa do salão tem 4,65 m, ou 38 cm a mais. A Caoa também anunciou que montará o New Tucson em Anápolis.


A Mitsubishi finalmente trocou a frente do ASX e colocou a face da família no compacto, mas levou falta porque não exibiu o Pajero Sport 2018 mas deverá anunciar isso no próximo mês. A Suzuki dedica o espaço ao Vitara enquanto a Lexus afirma que o futuro é híbrido e mostra o LC500h.


A Porsche entra no circuito dos híbridos e coloca na prateleira o Cayenne S Hybrid. Enquanto a Lexus rouba a cena com os carros mais elegantes do evento. A nacionalização da BMW coloca em cena o conceito X2 e defende o estilo de vida oferecido pelos seus esportivos.

*Viajou a convite da Anfavea

 

 

Jorge Moraes/ DP

 

Honda WR-V// Entre HR-V e CR-V, veículo herda a plataforma do Fit e será feito em Sumaré. Detalhes do interior, potência e preços foram guardados a sete chaves

 

Jorge Moraes/ DP
 

 

Renault Captur// Modelo chega ao país em fevereiro a partir de R$ 80 mil. Pré-venda da versão 2.0 com 148 cavalos e câmbio automático começa próxima semana. Terá opção 1.6

 

Jorge Moraes/ DP
 

 

Chevrolet Tracker// O utilitário da GMN será vendido em dezembro no Brasil com novo visual e motor 1.4 turbo de 153 cavalos, torque de 25,5 kgfm, além de cabine mais moderna

 

Jorge Moraes/ DP
 

 

 ASX AWD// Mitsubishi finalmente imprimiu a cara nova da família. Motor é o mesmo 2.0 de 4 cilindros e 16 válvulas com 160 cavalos. Preços em 2017 serão a partir de R$ 120 mil

 

 

Tags: fotos

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
22 de novembro de 2017
21 de novembro de 2017