Testes

Renault Kwid indiano recebe zero estrela no Global NCAP

Modelo que chega ao Brasil no segundo semestre terá melhor segurança, que inclui airbags laterais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/05/2016 17:13 / atualizado em 18/05/2016 17:21

O novo Renault Kwid fabricado na Índia, que teve sua produção no Brasil anunciada na semana passada, desapontou nos testes de colisão do Global NCAP. As duas versões, sem e com airbag para o motorista, receberam zero de cinco estrelas possíveis.

 

Kwid fez testes de impacto a 64 km/h e não oferecia nenhum item opcional de segurança - Global NCAP / Divulgação Kwid fez testes de impacto a 64 km/h e não oferecia nenhum item opcional de segurança
 

 

Segundo relatório da NCAP, o Kwid fez testes de impacto a 64 km/h e não oferecia nenhum item opcional de segurança. Em relação à proteção para os adultos o modelo não recebeu nenhuma estrela, já para as crianças foi um pouco melhor com duas estrelas.

 

Em relação à proteção para os adultos o modelo não recebeu nenhuma estrela - Global NCAP / Divulgação Em relação à proteção para os adultos o modelo não recebeu nenhuma estrela
 

 

O Kwid que chegará às lojas brasileiras será adaptado pela Renault Technology Americas e receberá várias modificações em comparação ao carro indiano. O lançamento está previsto para o segundo semestre. A Renault confirmou a produção nacional do hatch, mas não ofereceu mais detalhes. A montadora afirmou apenas que o carro será atração no próximo Salão do Automóvel de São Paulo, em novembro.

 

Kwid será atração no Salão do Automóvel em São Paulo - Renault / Divulgação Kwid será atração no Salão do Automóvel em São Paulo
 

 

Além dos itens obrigatórios de segurança aqui no Brasil (freios ABS e airbag frontal), o modelo sofrerá modificações estruturais, para melhorar a segurança em impactos, mecânicas e acabamento revisto. Portanto, mesmo com o resultado desanimador do modelo indiano, não significa que o Kwid brasileiro terá o mesmo grau de insegurança. A montadora revelou ainda que o carro nacional terá além dos airbags frontais obrigatórios, mais dois laterais.

 

Carro será produzido no Complexo Industrial Ayrton Senna em São José dos Pinhais, em Curitiba - Renault / Divulgação Carro será produzido no Complexo Industrial Ayrton Senna em São José dos Pinhais, em Curitiba
 

 

O Kwid será produzido no Complexo Industrial Ayrton Senna em São José dos Pinhais, em Curitiba. A expectativa é de preços a partir de R$ 30 mil. O compacto deve para competir com Volkswagen up! e Fiat Mobi, pelo menos no visual menor. O carro possui mostrador digital, comandos de vidros elétricos no painel e portas de plástico (sem forração de tecido). A estimativa é que o motor seja de 1.0 litros, 3 cilindros e 77 cavalos de potência.

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
24 de janeiro de 2017
23 de janeiro de 2017