Test Drive

Ford EcoStorm é uma ótima combinação

Modelo esportivo é a junção do motor disposto, flex, tração 4x4 e transmissão automática. Um combo de garantia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 26/11/2018 08:35 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco


Carro reforça a aposta das montadoras norte-americanas em conforto e aventura. Foto: Thainá Nogueira / DP - Carro reforça a aposta das montadoras norte-americanas em conforto e aventura. Foto: Thainá Nogueira / DP
Disposição offroad, motor flex, conforto e elegância. Seria esse um combo ideal para os amantes da adrenalina? A resposta é inerente. A Ford traz ela de forma essencial no EcoSport Storm. Testamos e avaliamos o 4x4 e o resultado foi um só: o carro reforça que montadoras americanas mandam bem demais.

No primeiro olhar, dá para perceber que o SUV tem uma pegada diferenciada em relação aos seus irmãos. A cor laranja exclusiva é exemplo disso. Além disso, a dianteira do carro conta com uma grade que recebe o nome da versão, máscara negra nos faróis e adesivos exclusivos. As rodas são de liga leve 17” e a capa do estepe é personalizada. Dentro da cabine, o acabamento é laranja e em black piano. 

Capa para o estepe da versão Storm é exclusiva, assim como a cor. Foto: Thainá Nogueira / DP - Capa para o estepe da versão Storm é exclusiva, assim como a cor. Foto: Thainá Nogueira / DP
No entanto, o ponto alto do carro é a tração 4x4 inteligente, que permite que o veículo se adapte a todo tipo de terreno, independente da escolha de um modo de condução. A tecnologia se chama Intelligente 4-Wheel Drive e é exclusiva da versão Storm. Na prática, a consequência do sistema é de um equilíbrio maior nas curvas e aderência das rodas ao solo. A distribuição de torque entre as quatro rodas de forma automática acontece em menos de 20 milissegundos, de acordo com a Ford. Mas, nem tudo são flores e a repercussão do bom desempenho na pista está diretamente ligada no consumo do veículo. O carro só percorre sete quilômetros com um litro de gasolina na estrada. Dói no bolso.

O propulsor 2.0 com injeção direta e duplo comando variável independente proporciona potência de 176 cv e torque de 221 Nm com etanol. Com esse conjunto, o carro vai de 0 a 100 km/h em 11,2 segundos. A transmissão é automática de seis velocidades. 

No interior, você se sente a bordo de uma nave esportiva. É que os bancos são de couro, a central multimídia é a SYNC 3 com soft touch e existem frisos em laranja acetinado posicionados na cabine. Em termos de conteúdo o Storm vem completo.  A lista inclui sete airbags, controle de estabilidade com sistema anticapotamento, monitoramento de pressão dos pneus e teto solar elétrico. Traz também faróis com luz diurna de LED e acendimento automático, acesso ao veículo sem chave com reconhecimento capacitivo, ar-condicionado automático digital, computador de bordo com tela de 4,2”, câmera de ré, sensor de chuva, som com nove alto-falantes e porta-malas com sistema inteligente de bagagem.

Interior do modelo dispõe de uma tela de 4,2%u201D e Sync3. Foto: Jorge Moraes / DP - Interior do modelo dispõe de uma tela de 4,2%u201D e Sync3. Foto: Jorge Moraes / DP
O Storm também é robusto tem 88 mm a mais no comprimento (4.357 mm) e é 20 mm mais largo sem os espelhos (1.785 mm). As rodas de 17 polegadas com acabamento em prata posicionadas mais para fora da carroceria contribuem para aumentar a musculatura do veículo. Mas são necessários R$ 100 mil para adquirir o veículo. O carro está pronto para brigar de igual com todos os 4x4 e 4x2 do segmento.
 
Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
10 de dezembro de 2018