Salão de Paris

Salão de Paris: As estreias mais aguardadas

Contar com o charme da capital francesa para apresentar novos modelos e gerações é o trunfo de algumas montadoras

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 08/10/2018 08:37


Paris movimenta a indústria automotiva europeia e global com o mundial do automóvel revelando as últimas novidades do setor. O Salão da capital francesa abriu as portas na última quinta-feira e até o dia 14 consagra o BMW 320, o K-ZE (Kwid elétrico), os SUVs e-Tron e EQC, Porsche Macan reestilizado, assim como o esportivo Ferrari Monza SP1. Entre as francesas, o show foi da Renault, que trouxe uma geração de conceitos exóticos EZ-Pro, EZ-Go, EZ-Ultimo completando a família que nasceu em Genebra e passou antes por Hannover. Na bienal, algumas marcas deixaram de marcar presença: Volkswagen, Lamborghini, Bugatti, Rolls-Royce, Mini, Volvo, Fiat, Jeep, Mitsubishi e Chevrolet (Opel). Trazemos, agora, mais detalhes dessas e de algumas outras principais novidades que estão estampando o evento.

Ferrari SP1

Jorge Moraes / DP
A Ferrari mostrou no Salão de Paris a SP1, que representa uma nova série da marca, a qual quer exibir o estilo evocativo da Ferrari dos anos 50, mas, por dentro, ser pura tecnologia. Exemplo disso é que a inspiração para a criação do projeto aconteceu pela 812 Superfast com motor central. O motor da novidade é um 6.5 V12 que gera 809 cv. Com ele, a SP1 vai de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos, com velocidade máxima superior a 300 km/h. Esses número superesportivos traduzem o DNA do veículo, que conta com um visual de carro de corrida. Inclusive, dentro da cabine, só há espaço para o motorista. Será que haverá versão de produção?

Audi Q3

Jorge Moraes / DP
A Audi levou para Paris, conforme esperado, a repaginada que deu no Q3. A novidade já tinha sido apresentada na Alemanha, mas só agora dá para perceber de perto que o desenho do carro está mais expressivo em relação à versão anterior. A plataforma também foi modificada, saindo da PQ35 para a MQB. Entre as novidades, estão faróis e lanternas em LEDs triplos. No interior, o modelo ganhou mais modernidade, com um cluster digital de 10,25 polegadas e uma tela de 10 polegadas.

Ranger Rover SV Coupe

Jorge Moraes / DP
O modelo já foi mostrado no Salão de Genebra, mas estampa o stand da Land Rover em Paris. Com oferta de apenas 999 unidades, o SUV foi desenvolvido pela SVO (divisão de veículos especiais da veículos especiais da Jaguar Land Rover) e será produzido artesanalmente, de acordo com a demanda do comprador, que poderá escolher entre o interior monocromático ou em quatro combinações diferentes de materiais e cores contrastantes, além de uma paleta de mais de 100 cores externas, incluindo um exclusivo tom metalizado. Equipado com um motor 5.0 V8 de 565 cv, o SV Coupé é, segundo o fabricante, o mais rápido Range Rover já produzido, com, velocidade máxima de 265,5 km/h e capacidade de acelerar de 0-96 km/h em cinco segundos. As vendas do Range Rover especial terão início no último trimestre do ano. O preço de tabela do modelo para o Reino Unido será de 240 mil libras (cerca de R$ 1,076 milhão). Para conferir um estilo mais elegante para o modelo, a Land Rover apostou também na remoção das portas traseiras e decidiu rebaixar o teto. Vale lembrar que a novidade já foi exibida no Salão de Genebra e que foi lançada após os engenheiros da Land Rover lançar o Evoque conversível, que também não é nada mau e tem um conjunto de motor 2.0 turbo capaz de gerar singelos 240 cavalos de potência. Sempre trabalhando com um câmbio automático de nove marchas.

Suzuki Jimny

Jorge Moraes / DP
A montadora levou para Paris o charmoso Jimny, que ganhou alterações no visual. No entanto, ainda não houve nenhum pronunciamento sobre quais mercados receberão a novidade, que já agrada quem procura um carro compacto e alto, características da atual versão que é comercializada por aqui.

Mercedes-Benz GLE

Jorge Moraes / DP
Outro que foi apresentado oficialmente antes do Salão, mas que está na Cidade Luz é o GLE. A quarta geração do SUV esbanja tecnologia para aumentar a segurança a bordo, para isso ele ganhou um sistema que detecta congestionamentos e reduz a velocidade automaticamente, além de ser capaz de ler faixas e placas de trânsito.

Ausências durante o Salão

Logo no ano em que comemora 120 anos de existência, a mostra foi esvaziada pela ausência de marcas de peso e tradicionais, como Volkswagen, General Motors, Ford, Jeep, Fiat, Alfa Romeo, Nissan, Mitsubishi, Mazda, Subaru, Opel e Volvo. Mas o show precisa continuar, e quem for ao Porte de Versailles vai conferir várias novidades do mundo automotivo.
Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
16 de outubro de 2018
15 de outubro de 2018