Usado da Vez

Volkswagen Jetta esbanja comodidades

Sedã de luxo pode ser encontrado pelo preço de carro popular, mas garante conforto e esportividade à bordo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 10/09/2018 09:37 / atualizado em 10/09/2018 14:36 Débora Eloy


 Sedã foi fabricado no Brasil por um curto período de tempo, entre 2015 e 2016 - Divulgação Sedã foi fabricado no Brasil por um curto período de tempo, entre 2015 e 2016


Produzido mundialmente desde 1976, o Volkswagen Jetta passou a ser comercializado aqui no Brasil desde 1999. O modelo, que tem como base o Golf, é comercializado por aqui há cinco gerações com os mais diversos nomes, Atlantic, Bora, Jetta City, Fox, Jetta, Sagitar, Vento e Golf Sedan.
 
Importado do México, onde é fabricado desde o seu lançamento, houve um período em que o sedan foi fabricado por aqui, entre 2015 e 2016. A quarta geração do modelo foi a primeira a chegar no mercado brasileiro, com o nome de Volkswagen Bora. Já em 2005, chegou a quinta versão do carro com o nome atual, Jetta. Os dois modelos dividiram mercado até 2011, quando foram substituídos pela sexta geração e manteve a denominação mais conhecida.
 
Em 2015, o veículo passou por um pequeno facelift e ganhou novos faróis e volantes, além de apliques na cor preta no painel e novos modelos de rodas e uma nova versão de entrada, Trendline, equipada com o mesmo motor da Comfortline. Todas as versões passaram a ser equipadas apenas com câmbio automático Tiptronic e DSG.
 
Atualmente existem três versões para o Jetta no mercado para quem procura seminovos, a Highline, a Trendline/Comfortline e a Variant. Esta última deixou de ser importada e foi substituída pelo Golf Variant.
 
Com quatro tipos de motorizações disponíveis, o sedã disponibiliza desde um 1.4 TSI movido a gasolina e que dispõe de 150 cavalos, até um 2.5, também movido a gasolina que entrega 170 cavalos.
 
Para o público, a escolha do Jetta vai além da simples escolha por um sedã. “Procuram o modelo pelo seu preço, sua qualidade e custo-benefício que ele disponibiliza. Por ser um modelo premium, ele seminovo pode ser encontrado pelo valor de um sedã médio comum, popular”, aponta a gerente de seminovos da Disnove Volkswagen, Ana Mércia.
 
Os itens disponibilizados no Jetta também atraem a quem deseja conforto e dirigibilidade favoráveis. Entre os mais cobiçados na versão mais completa estão, além do câmbio automático, bancos em couro, ar-condicionado digital, direção elétrica, sensor de estacionamento dianteiro e traseiro e rodas de 17 polegadas.
 
 
 
A procura pelo modelo nas revendas não discrimina gênero nem idade. “Ele é cobiçado por todos. Quem está procurando um sedã completo, opta pelo Jetta, que pode ser encontrado a partir de R$ 51 mil, do ano de 2013. Além do conforto que o carro oferece, existe ainda um fator que agrega que é a sua esportividade e seu design”, revela Ana Mércia. 
 
Para quem está preocupado com o bolso, a gerente finaliza com um dado que agrada. “O consumo do veículo é de 8,5 km/l na cidade. Em uma escala de 0 a 5 ele está no nível 4 de sua categoria”, conclui.
Encontre seu veículo

Veículos

Últimas notícias

ver todas
14 de dezembro de 2018