Mercado

EcoSport 2.0: Titanium que oferece luxo

Carro evoluiu em acabamento e mecanicamente nem se fala. Acompanhe como ficou o utilitário da Ford

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/06/2017 12:00 Jorge Moraes /Diario de Pernambuco
Novo visual ganha regulagem de ventilação do motor, além dos faróis contornados por um filete de LED com luzes de xenon - Jorge Moraes/DP Novo visual ganha regulagem de ventilação do motor, além dos faróis contornados por um filete de LED com luzes de xenon
São Paulo - No Wikipédia, Titanium traduzido para o português está assim explicado: elemento químico de símbolo Ti, número atômico 22, metal de transição leve, forte, cor branca metálica e resistente à corrosão. O nobre que batiza o EcoSport topo da gama é rico em "proteína". A Ford escolheu bem a nomenclatura, fez tudo certo, só errou no tempo de espera para troca de roupa, motorizações e transmissão automática. Fabricante foi o responsável pela multiplicação dos SUV compactos no Brasil.

O Eco nasceu em 2003 e arrastou até os dias de hoje uma legião de 600 mil brasileiros, dos quais 200 mil na última versão. Dirigi em Tatuí, no campo de provas da Ford, o novo 2.0 que chegará às lojas em agosto com outras versões a exemplo da Freestyle 1.5. Faixa de preço do topo da gama deverá ficar entre R$ 93 mil e R$ 95 mil.

O EcoSport mudou de faixa no e virou compacto completo indo além das vantagens da tecnologia que exibe entre as partes visíveis, uma tela funcional de oito polegadas com o Sync 3, charmosa por sinal.

Hastes de troca de marchas atrás do volante merecem destaque - Jorge Moraes/DP Hastes de troca de marchas atrás do volante merecem destaque
O painel biton com quadro de instrumentos analógico nas bases do velocímetro e conta giros mostra uma tela LCD de 4,2 polegadas com informações do veículo. O volante elétrico em couro é multifuncional e bem orientado quanto aos comandos. Destaque para as hastes de troca de marchas atrás do volante. A bancada completamente nova e clara ilumina a cabine que recebe como ilustre acessório o teto solar. O sistema de som Sony  agrada muito.

Veículo ganha motorização Duratek Direct Plus 2.0 de 170 cavalos na gasolina e 176 cv no álcool - Jorge Moraes/DP Veículo ganha motorização Duratek Direct Plus 2.0 de 170 cavalos na gasolina e 176 cv no álcool
No visual, a frente é nova com grade que trabalha a regulagem de ventilação do motor. Os faróis contornados por um filete de LED ganharam luzes de xenon. Os retrovisores também foram redesenhados e o lado direito oferece auxílio à ré no momento da manobra. Ah! Tem também o Blis que monitora o ponto cego e alerta sobre a chegada do carro vizinho. Sistema que conheci com eficiência nos carros da Volvo. A traseira manteve o estepe mas o compartimento de bagagem cresceu em prateleiras e ganhou cortina de fechamento. Na configuração padrão, 356 litros e no rebatimento dos bancos 1.178 litros.

O motor Duratek Direct Plus 2.0 de 170 cavalos na gasolina e 176 cv no álcool tem injeção direta de combustível e permite o 0 a 100 Km/h em 9,5 segundos, nos dados do fabricante. O carro mostrou firmeza nas retomadas e equilíbrio mecânico com a transmissão de seis marchas. Na pista, o EcoSport cresceu em conforto e começam por dentro as observações na acústica e na pouca vibração transmitida pela rodagem aro 17. O carro também recebeu pacote de eletrônica que permite um controle de estabilidade mais eficaz.
 

Tags: fiat palio 2016 mercado preços fotos valor lançamento

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
19 de novembro de 2017
17 de novembro de 2017