Investimento

Saiba se vale a pena comprar carros leiloados

Pregões de carros apreendidos pelo Detran/PE são uma oportunidade para a compra de um seminovo em bom estado, mas é preciso estar atento para fazer um bom negócio

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 25/05/2017 08:46 / atualizado em 25/05/2017 17:46 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco


Economia na hora da compra de um automóvel em leilão pode chegar a 30% do valor de tabela do veículo - Silvino / DP Economia na hora da compra de um automóvel em leilão pode chegar a 30% do valor de tabela do veículo
 
 
Comprar um automóvel é o sonho de muitos. Contudo, com as mudanças anuais na inflação e os impostos que são cobrados no Brasil, obter um carro zero quilômetro exige valores que podem ser considerados exorbitantes para algumas pessoas. Uma opção viável para ter um veículo e não ver o bolso apertado é a compra em leilões automotivos. Prática tem cada vez mais participação de pessoas físicas e pode render uma economia de até 30% no valor de tabela do veículo.

De acordo com o Detran/PE, os automóveis que participam dos leilões do órgão são aqueles removidos para o depósito e que, passados 90 dias, o proprietário não os tenha procurado resgatar. Quando a causa da apreensão é por questões burocráticas, como documentos atrasados, ou quando o veículo não é registrado no imposto de renda, por exemplo, o carro pode estar em bom estado e se fazer protagonista de uma boa compra na hora de ser leiloado. Felipe Marinho, 29, comprou o seu Volkswagen Fox em um leilão no ano passado dentro dessas circunstâncias. “Eu estava há muito procurando por um carro, mas ficava preocupado em assumir as prestações de um financiamento. Quando soube que eu poderia participar do leilão, me informei melhor e no final consegui obter o meu automóvel por cerca de R$ 30 mil”, afirma.

Contudo, nem tudo são flores. Os carros apreendidos ficam nos pátios da Coliseum, empresa que realiza os leilões do Detran/PE, expostos a chuva e ao Sol por um período razoável de tempo. Assim, a depreciação entra em voga. De acordo com Eucarys Berenguer, chefe de Comissão de Leilão do Departamento de Trânsito do estado, o ideal é que o interessado em participar do leilão vá para a visitação que acontece um dia antes do ato. “É possível analisar visualmente os carros que serão vendidos. Inclusive, levar um mecânico para ajudar na avaliação. Acredito que a atitude é fundamental na hora de arrematar o veículo”, afirma. Eucarys lembra que não é permitido entrar no automóvel ou sequer abri-lo para avaliar internamente. “Tem que ser bom de olho e torcer para que os problemas daquele carro estejam aparentes para que possam ser facilmente identificados”, completa.

Quando o carro é arrematado, ele chega para o comprador livre de qualquer débito com o órgão, como multas e IPVA atrasado. Mas o comprador precisa arcar com o novo emplacamento e o Certificado de Registro do Veículo. Para saber quando e onde acontecerá o próximo leilão, basta entrar no website do Detran/PE, ou no do Coliseum, e conferir os editais abertos. “Quinze dias antes do leilão divulgamos os editais informando quais carros participarão e demais detalhes do evento”, afirma a chefe de Comissão de Leilão do Detran/PE. Vale lembrar que qualquer pessoa que seja maior de 18 anos pode participar de todos os leilões do órgão.
 

Tags: série

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
18 de agosto de 2017
17 de agosto de 2017