Esportivo

Mustang 2018 com câmbio de 10 marchas

Ford aposta na segurança e na força do esportivo. Montadora investe também em inédito propulsor para o veículo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/05/2017 09:15


Câmbio de dez velocidades será de série no automóvel, além de um motor 5.0 V8 totalmente aspirado e uma outra opção 2.3 - Ford/Divulgação Câmbio de dez velocidades será de série no automóvel, além de um motor 5.0 V8 totalmente aspirado e uma outra opção 2.3
A Ford já garantiu a comercialização do seu muscle car ainda esse ano nos Estados Unidos, na Europa e no Brasil em 2018. Com novas configurações, o modelo garante uma maior capacidade de aceleração e melhor consumo, graças à adoção de uma caixa automática de 10 velocidades, mesma utilizada no F-150 Raptor. Esta nova transmissão estará disponível apenas com o motor mais potente e oferece três modos de condução: normal, sport e track.
 
Em relação aos motores, já está confirmado o V8 de 5 litros e o tetracilíndrico de 2.3 litros EcoBoost. A disponibilidade de carroceria continua a mesma, cupê ou conversível. Entre as novidades estão os novos amortecedores que, segundo a marca, garantem maior estabilidade, novas articulações no eixo traseiro e barras estabilizadoras reajustadas. Existe ainda a opção de incluir o Mustang Performance Package, que inclui a suspensão Magner Ride, cujo grau de dureza varia de acordo com os modos de condução ou preferências do condutor.

No quesito segurança a Ford não mediu esforços. Depois de um resultado desastroso em testes da Euro NCAP, agora o Mustang conta com vários sistemas de pré-colisão e de detecção de movimento entre os equipamentos de série.

Esportivo pode produzir até 526 cavalos de potência e ir de 0 a 100 km/h em cerca de 4 segundos - Ford/Divulgação Esportivo pode produzir até 526 cavalos de potência e ir de 0 a 100 km/h em cerca de 4 segundos
Já na estética, o esportivo apresenta alterações na frente e traseira, dando ao carro uma melhor aerodinâmica, além de três opções de cores na carroceria – incluindo uma laranja e um amarelo chamativos, além do sóbrio cinza inspirado em Darth Vader, personagem do filme Star wars.
No interior, o principal destaque fica por conta do painel analógico de instrumentos, que pode ser substituído por um totalmente digital de 12 polegadas, o mesmo utilizado no GT.

Painel digital de 12 polegadas é destaque do modelo - Ford/Divulgação Painel digital de 12 polegadas é destaque do modelo
De série, na central multimídia está disponível uma tela de 4,2 polegadas sensível ao toque, com o sistema de som Shaker Pro, além da opção de oito pacotes de equipamento e personalização para os interessados.
Não foi só a estética e a motorização que foram modificadas, a Ford também alterou o espaço interno, com uma melhora para motorista e carona. Na frente, o aumento é de cerca de 1,5 centímetro e atrás existe um recuo de quatro centímetros para os joelhos.

Outra tecnologia que chega ao novo Mustang é o novo Fordpass, que permite ao motorista encontrar, destrancar e até ligar o carro utilizando apenas o smartphone. Todo os incrementos devem deixar o veículo na casa dos R$ 400 mil.
 

Tags: teste

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
22 de julho de 2017
21 de julho de 2017
20 de julho de 2017