Fiscalização

CNH ganha recurso de segurança

Carteira Nacional de Habilitação agora terá QR Code. Implantação da tecnologia tem o intuito de auxiliar na verificação de infrações do motorista

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/05/2017 08:53


Quem for renovar o documento a partir desse mês já terá a nova impressão na CNH - Paulo Maciel/Detran-PE/Divulgação Quem for renovar o documento a partir desse mês já terá a nova impressão na CNH
As Carteiras Nacionais de Habilitação (CNHs) do Brasil que foram entregues desde o início do mês receberam um novo método de segurança, o QR Code. A leitura do código é feita através do Lince, aplicativo gratuito e disponível para iOS e Android, que permite aidentificação dos dados do condutor como foto, informações pessoais e identificação do documento. A utilização do código remoto pode ser feuta tanto pelos guardas de trânsito que abordarem os motoristas nas rodovias como pelo próprio motorista em qualquer momento.

De acordo com Charles Ribeiro, presidente do Detran de Pernambuco a medida foi feita para facilitar o acesso ao cadastro de infrações do portador do documento. “O código é uma forma mais ágil de consulta e também faz parte das mudanças previstas pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran) com o objetivo de prevenir falsificações e fraudes na CNH”, afirma.

Para os condutores com habilitações antigas, o ajuste será optativo. Mas ao passo que os motoristas forem renovar a CNH, o documento já será emitido com a nova impressão.  Os valores da renovação, cerca de R$ 91, e para obter pela primeira vez a carteira, cerca de R$ 134, continuam o mesmo.

Outras mudanças no documento aconteceram no início do ano. As habilitações que foram emitidas desde janeiro já foram impressas com as alterações na cor e itens de segurança como marcas d'água, holografia e dois números de identificação do condutor, estatal e nacional.
De acordo com o Detran aproximadamente 44 mil habilitações foram emitidas desde janeiro com o novo ajuste.
 

Tags: a

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
20 de outubro de 2017