Manutenção

Pneus reutilizados: Será que são seguros?

Você já ouviu falar nos pneus %u201Cmeia-vida%u201D? A equipe do DP Auto reuniu informações para esclarecer se são ou não confiáveis. Fique atento!

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 27/04/2017 09:52
Os preços dos pneus em geral não são dos mais acessíveis. No mercado, podemos encontrar opções zeradas de fábrica um pouco mais em conta, mas nunca baratas: apenas uma unidade do pneu pode custar mais de R$ 300. Já o jogo completo custa, em média, R$ 900. Sabemos que existem possibilidades, muitas vezes de origem duvidosa, que oferecem super  descontos, mas será que valem a pena? O DP Auto traz dicas para você entender os pneus conhecidos como “meia-vida” para não ser enganado. Fique esperto e também aprenda a prolongar a vida dos seus pneus!

O analista de sistemas Rotsen Diego conta que já recorreu aos pneus usados, mas hoje só os utiliza no estepe - Ricardo Fernandes/DP O analista de sistemas Rotsen Diego conta que já recorreu aos pneus usados, mas hoje só os utiliza no estepe
Os famosos pneus “meia-vida” são aqueles já foram utilizados, que já foram trocados. O analista de sistemas Rotsen Diego nos contou que já recorreu aos pneus de segunda mão. “Eu os utilizei por praticidade e economia, pois troquei as rodas e precisei trocar os pneus. Não tive problema, depende do lugar onde você compra”, conta. Mesmo que o analista não tenha tido nenhum transtorno, a equipe DP Auto não recomenda o uso.

Com experiência há mais de 30 anos, o gerente da Continental Rogério Santos dá dicas para você não ser enganado   - Julio Jacobina/DP Com experiência há mais de 30 anos, o gerente da Continental Rogério Santos dá dicas para você não ser enganado
Para o gerente da Drive Auto Center Rogério Santos os pneus direto da fábrica são mais seguros, mas também é possível reutilizar pneus desde que você saiba a procedência. “Esse tipo de pneu passa por um processo e os arcos de borracha chegam a ser reaquecidos. Então, você precisa saber se quem está realizando o procedimento é de confiança. Pneu não pode ser aberto”, explica. Certifique-se de que o local onde você está comprando não realiza essa prática.

O valor pode ser mais barato, mas a vida útil também será reduzida. “Não é recomendável rodar mais de três meses com esses pneus. Há quem dê o prazo de até um ano, mas eu não acho aconselhável, depende mesmo do desgaste da borracha, é bom ficar de olho”, alerta Rogério. Será que vale a pena investir para passar apenas três meses com um pneu?

Para verificar o nível da camada, você pode checar tendo o TWI  (Tread Wear Indicator) como referência. A marca que indica o estado de desgaste de rodagem está presente em todos os pneus. Caso o seu esteja abaixo dos 1,6 milímetros de profundidade, é perigoso, pois eles perdem totalmente a aderência com o solo, além de ser passível de multa. Se o seu atingiu as marcações do TWI, está na hora de trocá-lo.

Outro problema é que os pneus reutilizados geralmente não são da mesma marca, o que impossibilita a manutenção.  O vendedor da Drive Auto Center, José Jr, explicou que “é difícil balancear os pneus de fabricantes diferentes, não ficam todos iguais. Isso pode trazer problemas para o carro e condutor”. Então, também é importante ficar atento às características dos pneus que você pretende adquirir.

Faça as contas: os pneus de fábrica, em geral, possuem 5 anos de garantia, podendo ela ser acionada em caso de defeito. Mau uso não será coberto. Já os reutilizados são mais baratos, mas não duram muito e a segurança é duvidosa.

Anote as dicas para prolongar a vida útil dos seus pneus:

- A cada 10 mil quilômetros rodados, faça uma manutenção com alinhamento e balanceamento.

- Fique atento à marca TWI do seu pneu.

- Consulte a data de validade do pneu que irá comprar (a duração é de 5 anos, faça o cálculo e veja se vale a pena)
 

Tags: chevrolet

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
18 de agosto de 2017
17 de agosto de 2017