Mito x verdade

Fui roubado. O Boletim de Ocorrência substitui a CNH?

Com cada vez mais casos de roubos e furtos, o motorista, que foi para o prejuízo, deve procurar a segunda via da carteira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 06/04/2017 09:15 / atualizado em 06/04/2017 15:02 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco


Detran é claro: o boletim de ocorrência não pode substituir a carteira de habilitação - Nando Chiappetta/DP Detran é claro: o boletim de ocorrência não pode substituir a carteira de habilitação
O Recife vive dias de quebra de recorde no quesito violência. Relatos de roubos, furtos e demais crimes estão, inclusive, se tornando banais na capital de Pernambuco. É com essa realidade que saber o que fazer depois de ser vítima de alguma violação se torna cada vez mais importante. Principalmente se documentos estiverem em jogo. Já que alguns deles são insubstituíveis.
 
O motorista da Uber Pedro Henrique foi roubado dias antes do último carnaval. Entrou em contato com uma delegacia e realizou o boletim de ocorrência. Mas só soube que estava cometendo um ato infracionário quando foi parado por uma viatura policial dias depois. “Eu pensava que poderia substituir a minha Carteira de Habilitação pelo B.O. durante o tempo que é necessário aguardar para que a segunda via do documento seja emitida. Mas fui multado por um guarda do BPtran porque eu dirigia sem a CNH e agora eu sei que nada pode substituir esse registro”, afirma.

De acordo com o Detran de Pernambuco, a Carteira Nacional de Habilitação é um documento de porte obrigatório e o condutor precisa do mesmo para ter o direito de dirigir. Sob nenhum aspecto ele pode ser substituído ou não utilizado. Um exemplo parecido é o passaporte, que é necessário para fazer embarque internacional.

Caso o condutor seja roubado ele pode acessar o site do Órgão e agendar um atendimento em algum posto físico para realizar o procedimento de solicitação da segunda via. É necessário aguardar três dias úteis após o pagamento da taxa, que é de R$ 88,63, para retirar o documento. Nesse período andar de carro só no banco do passageiro.
 

Tags: renault

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
17 de agosto de 2017