Adrenalina antecipada no Brasil

Mercedes surpreende com avant première do GT-R, que desembarca no país no segundo semestre, sob encomenda

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 03/02/2017 15:10 / atualizado em 03/02/2017 16:18 Gabriela Bento


A Mercedes realizou a décima primeira edição do TopNight na noite da última quarta-feira. No evento, que marcou os 50 anos da AMG, divisão de alta performance do grupo, a montadora exibiu os modelos AMG SL 400 e o E63 S 4 Matic+. Mas foi a antecipação do lançamento do AMG GT-R, a cereja do bolo.
 
GT-R possui uma espécie de spoiler na parte inferior do para-choque dianteiro. Com 80 km/h, a peça de fibra de carbono fica mais baixa, dando mais estabilidade ao carro 

 - Jorge Moraes / DP GT-R possui uma espécie de spoiler na parte inferior do para-choque dianteiro. Com 80 km/h, a peça de fibra de carbono fica mais baixa, dando mais estabilidade ao carro
 
 
O grande protagonista da noite foi ostentado em cor ousada e logo ganhou um apelido: Diabo Verde. O AMG GT R oferece 585 cv (75 cavalos a mais do que o AMG GT). Achou pouco? O motor 4.0 V8 biturbo tem boas arrancadas com torque alto de 71,4 kgfm. Não é brincadeira. Pena que não pudemos acelerar a máquina, que segundo a montadora faz de zero a 100 km/h em 3,6 segundos e alcança velocidade máxima de 318 km/h.
A montadora ainda não revelou o preço do carro, que vai superar o valor de R$ 1 milhão (a expectativa é em torno de R$ 1,2 milhão). A boa notícia é que o AMG GT R começa a ser vendido a partir do segundo semestre no Brasil, sob encomenda, ou seja, o comprador vai poder personalizar o seu possante e ter paciência para esperar. Afinal, a Mercedes não irá trazer um lote de carros, mas sim aceitar pedido fechado, desde que pague um sinal de R$ 200 mil.
As primeiras remessas só desembarcam em setembro. Suas dimensões são dignas de um superesportivo: 4,55 metros de comprimento, 2,07 m de largura e 1,28 m de altura. Entre as novidades, o GT R possui uma espécie de spoiler na parte inferior do para-choque dianteiro. Com 80 km/h, a peça de fibra de carbono fica mais baixa, dando mais estabilidade ao carro. 
 
Rodas de alumínio forjado e um motorzão 4.0 V8 biturbo de 585 cavalos - Jorge Moraes / DP Rodas de alumínio forjado e um motorzão 4.0 V8 biturbo de 585 cavalos
 
Já o E63 S 4 Matic é equipado com motor V8 biturbo 4.0 de 612 cavalos (a 5500 a 6250 rpm), 86,7 kgfm (2500 a 4500 rpm). Outra novidade desse modelo é a transmissão de nove marchas, é o primeiro AMG com esse recurso, segundo a montadora. O ES63 é capaz de ir de zero a 100 km/h em 3,4 segundos e será vendido por R$ 700.900.
 
O conversível SL 400 também marcou presença com o seu motor V6 biturbo de 367 cv (5.500 e 6.000 rpm) e 51 kgfm de torque (2.000 e 4.200 rpm). O modelo promete aceleração de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos. Para o SL 400 é preciso desembolsar cerca de R$ 605.900.
 

Tags: mercado

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
25 de setembro de 2017