Coluna

Confira os destaques de Jorge Moraes sobre o Salão de Detroit

Colunista fala sobre os autônomos que estão fazendo sucesso nos Estados Unidos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/01/2017 11:20 / atualizado em 12/01/2017 12:27 Jorge Moraes /Diario de Pernambuco


Imagine se de repente um dia você viaja e encontra por aí um carro sem o motorista e somente com passageiros no banco traseiro. Realidade futura e próxima de ser vista em alguns países considerados do bloco do Primeiro Mundo. Aqui, em Michigan, nos Estados Unidos, os carros autônomos estão em fase de testes e começam a fazer parte de um programa sem volta. Vi de perto nas ruas. Você também poderá me perguntar se é tão necessário transformar o condutor em um ser obsoleto, sem comando. Não sei dizer ainda, porque seria preciso estudar ainda mais o mercado e o comportamento do consumidor para fazer minhas deduções. Eu, Jorge, não conseguiria matar o prazer de dirigir, de conduzir um carro divertido (desde que não seja SUV). O mundo vai reverenciar as novas tecnologias, assim como as propostas que facilitem a vida do usuário do trânsito. Isso sem contar com a onda  gigante dos carros compartilhados, que vai dobrar de tamanho em 2017 e transformar o posicionamento das fabricantes para as demandas dos grandes centros urbanos. Os autônomos irão impressionar o mundo, assim como os robôs domésticos no Japão. Os carros serão ativados e guiados também pelos smartphones, esses cada vez menos celulares e mais computadores. A experiência de não dirigir e ficar no banco do carona vou contar depois. Adianto que a sensação é estranha e divertida.
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
19 de outubro de 2017