Salão de Detroit

O futuro dos carros cada vez mais presente

Conceitos surpreendem com mais tecnologia e apontam para um destino autônomo. Exemplo disso são modelos que rodam 240 km com apenas uma recarga de 20 minutos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/01/2017 11:10 / atualizado em 12/01/2017 12:07 Taciana Góes /Diario de Pernambuco
Chrysler Portal tem propulsão movida por motor elétrico - Taciana Góes/DP Chrysler Portal tem propulsão movida por motor elétrico
Em cada estande do Salão de Detroit, um novo show car apresenta linhas e detalhes em formatos mais exagerados. Os conhecidos conceitos estão por aqui com rodas grandes, LEDs, tecnologia e propostas quase impossíveis para os olhos do consumidor leigo. Quase mesmo, até porque são eles que dão vida aos modelos de linha de produção. Isso nos faz acreditar que o futuro promete surpreender com a tecnologia 100% autônoma, já em testes pelas rodovias norte-americanas.

Quem deve “nascer” nos próximos anos é a futura Kombi elétrica a derivar do conceito ID Buzz (a pronúncia é Bus, apelido da Kombi). A simpática perua provocou as atenções com um volante móvel, tablet ao invés de um câmbio e pisos de madeira. O (antes) condutor pode inclusive virar a cadeira para trás (pasmem!). Pintada em dois tons, amarelo e prata, o conceito tem dois motores elétricos que, juntos, somam 374 cavalos, com autonomia de 434 km. O porta-malas abre e fecha com um toque suave. A proposta do carro é justamente de levar muitas pessoas e, por isso, as baterias podem ser acomodadas no assoalho. A velocidade máxima é de 160 km/h. Para que correr com tanta gente a bordo?  O motor autônomo pode ser desativado de maneira simples: pisando no acelerador ou freio, assim como um toque no volante. A Volkswagen planeja colocar a tecnologia na linha de produção até 2025. Pretendo viver para ver.
Outro conceito bem divertido é o Portal da Chrysler. Apresentado com possibilidades de aumentar ou diminuir a quantidade de bancos, o carro também disponibiliza tecnologia de som individual para cada ocupante, sistema considerado de “flexibilidade familiar”, além da condução autônoma com alta conectividade. O conceito colocou de vez o grupo Fiat Chrysler (FCA) no jogo da engenharia autônoma. Chama atenção a velocidade na recarga da bateria do veículo: são necessários apenas vinte minutos para percorrer cerca de 240 km.

Volkswagen ID Buzz

Jorge Moraes/DP
O modelo lembra bastante o Budd-e, mas tem algumas mudanças e possui uma série de tecnologias avançadas. Exemplo disso é a bateria de 111 kWh que alimenta dois motores, somando 374 cv. O veículo é capaz de uma aceleração de 0 a 100 km/h em 5 segundos, com autonomia de 434 km. Segundo a Volkswagen, a estimativa é que o veículo comece a ser produzido em 2025.

LEXUS UX

Taciana Góes/DP
Mostrado no último Salão de Paris, o UX concept antecipa o design da montadora de um crossover esportivo que terá linhas bem mais musculosas, possivelmente um substituto do CT 200h. Também há sinais de que virá com portas suicidas, mas poucas informações foram reveladas.

Chrysler Portal

A minivan da Chrysler tem propulsão inteiramente movida por um único motor elétrico. Com carga total, a autonomia estimada do veículo é superior a 400 km. Em menos de 20 minutos sendo carregado em uma tomada de 350 kW, a bateria fica com energia suficiente para percorrer 240 km.
 
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
25 de julho de 2017
24 de julho de 2017