Oficina

Amaciar para prolongar o motor

Técnica é velha conhecida dos motoristas por garantir maior tempo de vida útil do propulsor

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/01/2017 11:43 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco

O cuidado com os primeiros quilômetros do carro merece atenção para prolongar a vida útil do veículo - Amanda Oliveira/Esp. DP O cuidado com os primeiros quilômetros do carro merece atenção para prolongar a vida útil do veículo
 

 

A tecnologia automotiva se inova a cada dia. Contudo, algumas atitudes antigas se fazem atuais. Exemplo é o amaciamento do motor dos veículos. Recomendado pela maior parte das montadoras, o cuidado com os primeiros quilômetros do carro merece atenção para prolongar a vida útil  e também economizar os gastos com manutenções. Confira algumas orientações simples para o condutor seguir assim que retirar o carro da concessionária.

 

Especialista Carlos Maranhão recomenda leitura do manual - Amanda Oliveira/Esp. DP Especialista Carlos Maranhão recomenda leitura do manual
 

 

Para o gerente da oficina da Sael, Carlos Maranhão, ler o manual é a primeira das atitudes indicadas para um bom funcionamento do veículo. “Os motoristas não sabem como os seus carros funcionam e do que precisam, acho necessário estar por dentro das recomendações das montadoras para evitar problemas futuros”, afirma. Evitar altas rotações, não exceder da velocidade final, deixar o motor esquentar por cerca de quatro minutos antes de sair com o veículo, ter confiança de que o combustível injetado tem uma boa qualidade e evitar o reboque. Essas dicas são consideradas essenciais para um uso ideal do carro de todas as montadoras. “O amaciamento serve para a preservação da máquina. Se a pessoa deseja passar um certo tempo com o veículo, precisa saber o que fazer”, completa.

Os cuidados também servem para o ajuste das peças móveis do motor. Os pistões e anéis de segmento podem vir com problemas de fábrica e o atrito feito nos primeiros quilômetros rodados serve para gerar partículas que ajustam essas peças. As montadoras especificam no manual do proprietário uma quilometragem inicial em que o motorista deve ter mais cuidado, geralmente entre mil e três mil quilômetros rodados.

Outra recomendação dada pelo especialista é a primeira troca de óleo ser com menos tempo do que as demais, para isso é necessário ler o manual. As mudanças de marchas também devem ser suaves. Paralelamente existe a recomendação para não exagerar nas rotações, não passar das 4.000 ou 5.000 rpm. Por fim, certificar-se de que está abastecendo o veículo com o combustível indicado é tarefa primordial para evitar grandes problemas.

 

 

Tags: governo

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
24 de maio de 2017
23 de maio de 2017
22 de maio de 2017