Customização

A Kombi do jardim sobre rodas

Plant-truck personalizado para vender mudas na Zona Norte do Recife teve a cor original alterada e precisou de autorização do Detran para circular

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/12/2016 16:44 / atualizado em 07/12/2016 14:12 Gabriela Bento


Cláudia Araújo e André Amorim, mãe e filho, tiveram a ideia de transformar uma banca de plantas em um plant truck, O meu jardim. Você já ouviu falar de algo parecido? Doralice, a Kombi ano 1994, que transporta muda de plantas para serem vendidas no Recife, foi customizada e teve direito a tudo: estofado novo, pintura, adesivação, cortinas, iluminação especial e até o teto renovado com as mesmas características do original.
 
Cláudia Araújo, proprietária e idealizadora do modelo adaptado, planeja customizar outra Kombi para viagens - Roberto Ramos/DP Cláudia Araújo, proprietária e idealizadora do modelo adaptado, planeja customizar outra Kombi para viagens
 
Doralice até que não deu tanto trabalho para ser, digamos, formatada. “Fizemos primeiro um arranjo nela toda, ela estava bem razoável para a idade. Demos uma olhada no motor, nas peças, nos freios, amortecedor e na parte elétrica, trocamos as luzes e lanternas, coisas que têm custo baixo”, esclareceu Cláudia.
 
Detalhes charmosos como grama no lugar do tapete e bancos com duas cores - Roberto Ramos/DP Detalhes charmosos como grama no lugar do tapete e bancos com duas cores
 
 
Os proprietários de Doralice pensaram em tudo, a Kombi ganhou piso revestido com grama sintética, bancos verde e branco e vários adereços que remetem a jardinagem, dando todo um charme a mais ao veículo, que é saudoso para tanta gente. 

Detalhe
 
Além da decoração impecável, Doralice ganhou um escritório todo preparado para atender a clientela. Por onde o cliente olhar vai dar para encontrar um pequeno detalhe, mas que faz toda a diferença. As Kombis são as preferidas do público que customiza para transformá-la em um meio de renda. Atividade comercial mesmo.
 
Escritório montado é prático e organizado - Roberto Ramos/DP Escritório montado é prático e organizado
 
Por hobby e para acompanhar a sua esposa, o médico pediatra Álvaro Vieira de Melo também participa do empreendimento. “Eu que dirijo a Doralice, ela é muito gostosa de andar. Além disso, ainda cuido dela, regulo, limpo as velas e carburador. É bom também porque eu consigo encontrar peças originais. Então, mexo nela, como fazia na minha mocidade com outros carros antigos, eu adoro”, comenta.
 
Para Cláudia, como só trabalha na Zona Norte, Doralice não requer tantos cuidados. “Não rodamos tanto com ela, é muito tranquilo. Colocamos um motor 1.500 e trocamos o carburador, o que facilita a manutenção. O resto é só lavagem, troca de óleo, mas isso é no tempo de um carro comum”, explica.
 
Após as mudanças, os empresários precisaram levar a Kombi ao Detran para regularizá-la. “Mudamos mais de 50% da cor da nossa perua, então tivemos que alterar as características dela no documento. Agora, ela está toda legal”, completa Cláudia.
 
De quinta a sábado, a partir das 16h, Doralice estaciona na Praça de Casa Forte. No domingo, é a vez de encostar na Praça Eça de Queiroz, no bairro da Madalena. Agora, a família planeja adaptar outra Kombi para viajar e levar o negócio para outras cidades de Pernambuco. 
 
Escritório motorizado tem bom espaço interno - Roberto Ramos/DP Escritório motorizado tem bom espaço interno
 

Uma senhora de respeito
Taciana Góes
 
Quem nunca esteve a bordo de uma Kombi? Clássico da Volks, o carro é sinônimo de transporte coletivo e escolar em inúmeros lugares. Justamente pelo seu porte, a “velha senhora” já teve várias carrocerias, com direito até a versão de seis portas. Criada na Alemanha nos anos 1950, a Kombi foi naturalizada brasileira em 1957, quando começou a sua produção em São Bernardo dos Santos (SP). Como desde 2014 o Brasil passou a exigir a adoção do freio ABS e airbag frontal duplo nos veículos novos, a precursora do segmento de vans de passageiro e carga no país deixou de ser fabricada. Sem chassi e em monobloco, a Kombi é conhecida pelo baixo custo na manutenção. Seu motor, por 50 anos, foi o boxer com refrigeração a ar, mas em 2005 passou a adotar a motorização refrigerada a água. A musa teve até uma campanha de “deslançamento” e uma versão especial, a Last Edition.

[ Para não esquecer:
 
1. Pense na decoração do seu veículo. Vale renovar o estofado, adesivar por fora e o que a sua imaginação mandar. 

2. Capriche nas cores. Isso será um dos maiores destaques do automóvel

3. No caso das Kombis existe a possibilidade de retirar os bancos para ganhar mais espaço.

4. Considere deixar o seu possante mais iluminado. As luzes fazem o seu xodó brilhar.

5. Dedique-se também à 
parte mecânica do seu carro. Se negligenciar, você pode ficar na rua.
 
6. O seu negócio precisa de um escritório/apoio. Você pode deixar tudo muito prático e funcional com organizadores.

7. Fique esperto para as revisões, como qualquer carro.

8. Se for um antigo, procure manter o design original.

9. Mas, se der, equipe o seu carro com ar-condicionado e até uma direção hidráulica. Você merece conforto. 

10. Fique atento: antes de fazer qualquer tipo de modificação no seu veículo, você precisa solicitar ao Detran uma autorização para realizar as mudanças.
 
Confira o vídeo:
 
 
 

Tags: exame

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
24 de julho de 2017
22 de julho de 2017
21 de julho de 2017