Segurança

Contran suspende obrigatoriedade do uso de cadeirinhas

Órgão recorreu a ação por falta de estudos complementares sobre o uso e pelas reivindicações dos condutores de transporte escolar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 01/12/2016 16:48 Victor Lacerda

Após reivindicações de condutores de transportes escolares, o Comitê Executivo do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) decidiu recorrer à lei de obrigatoriedade do uso de cadeirinhas, que entrou em vigor no ano passado. Por meio do Diário Oficial, expedido nesta quinta-feira (1º), o órgão suspendeu o artigo que inclui crianças de até 7 anos e meio.

 

Dificuldade técnica, econômica e social para a regulamentação do transporte infantil também ajudou na efetivação da suspensão - Danilo Cesar/Esp DP Dificuldade técnica, econômica e social para a regulamentação do transporte infantil também ajudou na efetivação da suspensão
 

 

Como base para a mudança, o Conatran levou em conta a necessidade de estudos complementares para aplicar a retenção dos equipamentos em veículos que estão em circulação. A dificuldade técnica, econômica e social para a regulamentação do transporte infantil também ajudou na efetivação da suspensão.

Condutores de estados como São Paulo, Alagoas, Ceará, Bahia, Minas Gerais e Distrito Federal também reclamaram da baixa oferta no mercado de cadeirinhas com cinto de segurança do tipo sub-abdominal, específico para estes tipos de viagem.

 

 

Tags: mundo

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
24 de maio de 2017
23 de maio de 2017
22 de maio de 2017