Mais esportividade

Mercedes lança seus novos AMG

Qual tal acelerar praticamente toda linha AMG em um autódromo? Foi o que fizemos durante o evento de lançamento do novo C 43 Coupé

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/10/2016 15:41 / atualizado em 10/10/2016 15:51 Bruno Vasconcelos

Mogi Guaçu (SP) - o Dia das Crianças está chegando. Você já escolheu seu presente? Se dizem que “meninos sempre serão meninos”, então porque não desejar um agrado no dia 12 de outubro? Para quem curte carros, nada melhor do que ter em mãos uma frota de supermáquinas e um autódromo fechado para você e uns colegas acelerarem até cansar. Esse foi o presente do Dia das Crianças que recebemos com uma semana de antecedência com o convite da Mercedes para testar, na pista do circuito Velo Cittá, em Mogi Guaçu, a linha AMG que é oferecida no Brasil.

 

Com cinco modos de transmissão, o Dynamic Select dispõe de Eco, Comfort, Sport, Sport Plus e Individual para o piloto poder ajusar as características do cupê de acordo com sua preferência - Bruno Vasconcelos / DP Com cinco modos de transmissão, o Dynamic Select dispõe de Eco, Comfort, Sport, Sport Plus e Individual para o piloto poder ajusar as características do cupê de acordo com sua preferência
 

 

O motivo da viagem era o lançamento de dois novos integrantes da AMG ao mercado nacional: O C 43 Coupé e o C 63S Coupé estão desembarcando no Brasil nos próximos dias. Entretanto, no asfalto do Velo Cittá tivemos a chance de testar outros “foguetes” alemães, como o A 45, C 43 Sedan, C 63 Sedan e o fenomenal GTS.

 

Modelo apresenta um motor V6 biturbo de 3.0 litros com 367 cv de potência e 520 Nm - Bruno Vasconcelos / DP Modelo apresenta um motor V6 biturbo de 3.0 litros com 367 cv de potência e 520 Nm
 

 

O Mercedes-AMG C 43 Coupé reúne tudo o que você pode esperar de um esportivo: visual de tirar o fôlego, tecnologia por todos os lados e uma mecânica capaz de satisfazer até o mais pesado “pé de chumbo”. Quem garante isso é a combinação do motor V6 biturbo 3.0  com 367 cv com a nova transmissão automática 9G-Tronic. Com potência máxima de 367 cv e 53 kgfm de torque, o conjunto proporciona um desempenho digno de carros de corrida. A aceleração da imobilidade a 100 km/h é feita em 4,7 segundos e velocidade máxima é limitada eletronicamente em 250 km/h.

 

Motor do 63 é um V8 4.0 biturbo com 510 cv de potência e 700 Nm de torque - Bruno Vasconcelos / DP Motor do 63 é um V8 4.0 biturbo com 510 cv de potência e 700 Nm de torque
 

A “mágica” começa já quando você dá a partida no motor. O ronco do V6 biturbo invade a cabine (propositalmente) e você sente o primeiro “frio na espinha”. Nas primeiras voltas no circuito de pouco mais de 4 km, a orientação do piloto que estava no banco do passageiro foi fundamental para que pudéssemos tirar o máximo do carro e da pista. Confesso que os primeiros quilômetros chegam a ser desgastantes, mas depois que você se adapta à brutal força G e a adrenalina invade suas veias, é só diversão! Fazer curvas a mais de 120 km/h é uma arte, mas quando você está numa máquina feita para isso, tudo fica mais fácil. Pode girar o volante e esquecer o pedal do freio. O AMG está “colado” ao asfalto e nada o tira do trilho. Depois de uns tantos quilômetros rodados era hora de voltar para o boxe. O sentimento de tristeza já tomava conta de todos porque, antes, soubemos que o C 63 Coupé não estaria disponível para teste porque só havia uma unidade do modelo no país, que estava lá, mas apenas para ser apreciado e fotografado parado.

Mas a tristeza logo deu lugar à euforia. A Mercedes compensou a falta do C 63S oferencendo os demais integrantes da AMG. Era hora de escolher o esportivo e acelerar. Com motores que variavam de tamanho (entre 2.0 e 4.0 litros) e potências (entre 381 cv e 510 cv), apontar o preferido é quase que uma injustiça. Já no quesito diversão, escolhi o menor da turma, o A 45 AMG. Com o motor 2.0 turbo de 381 cv de potência, o foguetinho se deu muito bem na pista por ter o menor entre-eixos, o que garante curvas ainda mais aceleradas e coladas ao asfalto. O ronco do motor também foi o que mais invadiu a cabine no modo Sport+ ativado. Essa seria minha escolha para presente do Dia das Crianças.  

* Viajou a convite da Mercedes

 

Ficha técnica

Mercedes-AMG C 43 4MATIC Coupé
Motor V6 Biturbo
Cilindrada:  2.996 cm³
Potência: 367 cv
Torque máximo: 53 kgfm
Aceleração 0-100 km/h: 4,7 s
Velocidade máxima: 250 km/h
Peso (kg): 1.735 kg
Capacidade do porta-malas: 400 litros
Preço: R$ 397.900

Mercedes-AMG C 63 S Coupé
Motor V8 Biturbo
Cilindrada: 3.982 cm³
Potência: 375 kW (510 hp) a 5.500-6.250 rpm
Torque máximo: 72 kgfm entre 1.750-4.500 rpm
Peso em ordem de marcha: 1800 kg
Aceleração 0-100 km/h: 3,9 s
Velocidade máxima: 300 km/h
Preço: R$ 615.900

 

 

Tags: moto

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
24 de maio de 2017
23 de maio de 2017
22 de maio de 2017