Laçamento

Jeep Compass estreia no mercado brasileiro

Modelo é o terceiro a ser fabricado na planta da Fiat/Jeep em Goiana e sairá daqui para as lojas da marca na América Latina

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 29/09/2016 11:14 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco

O mais recente produto da fábrica pernambucana do grupo Fiat (FCA) está chegando às ruas e daqui será exportado para todo o mercado latino-americano. Os preços do novo Compass partem dos R$ 99,9 mil e vão até R$ 149,9 mil. As primeiras unidades chegam às lojas no início de novembro.

 

Compass é uma versão intermediária entre o Renegade (entrada) e os importados da Jeep - Paulo Paiva / DP Compass é uma versão intermediária entre o Renegade (entrada) e os importados da Jeep
 

 

O veículo une design, tecnologia, desempenho e sofisticação de forma promissora no segmento, além de uma capacidade off-road que impressiona. Para o diretor geral da Jeep, Sérgio Ferreira, o automóvel entrou no mercado para agitar o segmento. “O Compass vai fazer a ponte entre o megassucesso Renegade e nossa tradicional linha de importados, composta por Cherokee, Wrangler e Grand Cherokee”, destaca. A previsão é que 600 carros sejam produzidos por dia na fábrica.

Mecanicamente o carro se destaca. Existem dois tipos de motorização: a 2.0 Tigershark flex com 166 cv de potência, presente nas versões Sport, Longitude e Limited e que trabalham em harmonia com um câmbio automático de seis marchas e tração 4x2. E a turbo 2.0 Multijet II com 170 cv, único diesel do segmento, cuja força é distribuída por uma transmissão automática de nove marchas e pela tração 4x4, presente na versão Longitude e Trailhawk. Com essas potências, o modelo percorre a distância de 0 a 100 km/h no motor flex com gasolina em 10,3s e com diesel em 10s.

 

Veículo une design, tecnologia, desempenho e sofisticação de forma promissora no segmento - Paulo Paulo / DP Veículo une design, tecnologia, desempenho e sofisticação de forma promissora no segmento
 

 

Antes de entrar no carro já é possível perceber os itens tecnológicos que o acompanham. Exemplo disso é a chave de presença, a qual o motorista só precisa chegar junto do carro para destravar. Além disso, esse equipamento também traz o sistema start/stop para partida do carro. Todas as versões contam com sistema multimídia de série, além de navegador GPS embutido, câmera de ré e conexões Bluetooth e USB, controle eletrônico de estabilidade (ESC), sistema anticapotamento (ERM), sistema de monitoramento de pressão de pneus (TPMS), controle de velocidade de cruzeiro, controle de partida em subida, assistente de partida em rampa (HSA), freios a disco nas quatro rodas com ABS, três pontos de fixação de cadeiras infantis Isofix, repetidores de direção nos retrovisores externos, faróis de neblina com função cornering (acende do lado que se esterça em manobras ou em baixas velocidades) e direção de torque dinâmico (DST), que induz o condutor a virar o volante corretamente em uma situação de perda de aderência.

O sistema de tração também impressiona. Com função função 4WD Low, ela prepara o veículo para lidar da melhor forma possível com o piso. Basta girar o seletor no console central e o conjunto mecânico se adapta aos modos Snow (neve, para terrenos escorregadios), Sand (areia), Mud (lama) e Rock (pedra), este último exclusivo da versão Trailhawk. Ou então o Compass faz as escolhas no modo Auto. A inteligência do sistema também se apresenta quando a tração nas quatro rodas não é necessária, pois o eixo traseiro fica totalmente desconectado, para assim economizar combustível e reduzir o desgaste dos componentes. Além disso, o veículo pode ser dirigido dentro da água, submerso em uma altura de até 48 cm e não ter demais problemas mecânicos.

 

Nas versões mais topo é possível encontrar tela de TFT no quadro de instrumentos, central multimídia com tela de 8,4 polegadas - Jeep / Divulgação Nas versões mais topo é possível encontrar tela de TFT no quadro de instrumentos, central multimídia com tela de 8,4 polegadas

 

Manutenção

A garantia do Jeep Compass é de três anos sem limite de quilometragem. As revisões serão feitas a cada 12.000 km nas unidades com o propulsor Flex e a cada 20 mil km naquelas movidas a diesel.

O Compass traz os já famosos easter eggs da marca. Assim como as crianças que procuram os ovos na Páscoa, a diversão aqui é procurar detalhes curiosos escondidos onde menos se imagina. Há desde uma lagartixa (símbolo dos escaladores) até o monstro do Lago Ness, passando por rastros dos pneus do pioneiro Jeep Willys.

Concorrência
As versões que carregam o motor flex vão disputar o mercado ao lado do Hyundai ix35, Kia Sportage e Mitsubishi ASX. Já as versões a diesel entram no mercado concorrendo com o BMW X1, Mercedes-Benz GLA e Audi Q3.

Preços

Sport

R$ 99.990

Limited
R$ 124.990

Longitude
R$ 106.990 flex
R$ 132.990 diesel

Trailhawk
R$ 149.990

Consumo

Flex

10.5 km/L na estrada com gasolina
8.1 km/L na cidade com gasolina
7.2 km/L na estrada com etanol
5.5 km/L na estrada com etanol

Diesel
11.4 km/L na estrada
9.8 km/L na cidade 

 

 

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
17 de janeiro de 2017
16 de janeiro de 2017