Customização

Conheça os caminhos da customização de motos

Motociclista que quer ter um modelo único pode achar na customização uma forma de se diferenciar no mundo das duas rodas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 11/08/2016 12:58 / atualizado em 15/08/2016 14:54 Débora Eloy

De acordo com a Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), o número  de motos circulando no Brasil é de 24.681.509. Só em Pernambuco são 1.082.509 unidades emplacadas. Por isso é comum ver tantas motocicletas iguais pelas ruas.

 

Maioria dos trabalhos de customização pode ser feito em casa, mas é bom consultar um profissional da área - BR 101 Old School / Divulgação Maioria dos trabalhos de customização pode ser feito em casa, mas é bom consultar um profissional da área
 

 

Quem quer se diferenciar no meio da “multidão” das duas rodas deve ter criatividade. É o que fez o estudante Renato Veras, que, em casa mesmo, modificou sua Suzuki Intruder 125. “Era como se fosse uma necessidade (de mudar). E depois que acabou o trabalho e dei a primeira volta foi uma sensação muito boa. Outras pessoas perguntando como eu fiz, elogiando...”. Renato modificou pintura, guidão, lanterna, setas e ainda colocou uma pedaleira de descanso.

Mas as dúvidas sobre a customização das motocas são muitas. Na maioria das vezes, o cliente vai à loja sem nem saber por onde começar diante de tantas possibilidades de modificações. Para facilitar sua decisão, é bom conversar com o vendedor e assim receber algumas dicas. “Quando o cliente chega, as primeiras coisas que perguntam são sobre a documentação e sobre o que pode fazer na moto”, lembra Lincoll Albert, proprietário da EquipMotos Customs.

 

Mudanças profundas pedem ajustes na documentação - BR 101 Old School / Divulgação Mudanças profundas pedem ajustes na documentação
 

 

O processo de alteração na documentação é bem simples. “Somente uma solicitação de alteração na cor da moto, normalmente, já é suficiente”, diz Roberto Paiva, proprietário da BR101 Old School.

 

Suzuki Intruder 125 cc sofreu várias alterações - Cylas Meira / F1 Multimarcas / Divulgação Suzuki Intruder 125 cc sofreu várias alterações
 

 

Mas é preciso ter cuidado em modificações do chassi, porque o processo é um pouco mais complicado. É necessário construir o chassi e depois desenvolver um projeto para colocar o motor, guidão, paralamas, banco, escapamento e todos os acessórios que serão instalados na moto. “Depois de tudo montado, separam-se as notas fiscais e leva tudo ao Detran. Será feita uma análise para, posteriormente, autorizar a nova documentação. É um processo bem rigoroso”, alerta Roberto.

 

Estudante Renato Veras personalizou ele mesmo a sua moto: orgulho de pilotar - Arquivo Pessoal Estudante Renato Veras personalizou ele mesmo a sua moto: orgulho de pilotar
 

 

Mas, geralmente, o processo de alteração não é um “bicho de sete cabeças”. É o que garante Thiago Lins, diretor da F1 Multimarcas, que modificou uma Suzuki Intruder 125. A moto  sofreu várias alterações, como a customização de punho, retrovisor, painel e piscas; guidão e balança traseira alongados; tanque elevado; banco trocado; paralama e pneu traseiro substituídos; escapamento, lanterna traseira,  suporte de placas personalizados e um avanço nas pedaleiras dianteiras. “Uma conversa com três clientes sobre customização levou a loja a ceder o modelo a eles para ser modificada. Ele foi ‘construído’ na garagem de um deles”, explica Cylas Meira, também da F1. Antônio Carlos, Erik Almeida e Henrique Fortes são os três amigos responsáveis pela moto, que hoje fica em exposição na loja.

Documento

#DetranPE

Para saber o que pode ou não ser alterado é importante ficar atento à resolução 292 do Denatran. Após as alterações, é preciso agendar uma vistoria no site do Detran para dar entrada na modificação da documentação da moto.

Serviço

F1 Multimarcas
Av. Cons. Aguiar, 498 – Boa Viagem
Fone: (81) 3328 – 1414

EquipMotos Customs
Rua Santa Cruz do Capibaribe 136 – Areias
Fone: (81) 9 7346 - 3717 /
(81) 9 8444 – 5362

BR101 Old School
Av. Desembargador José Neves,
91 – Boa Viagem
Fone: (81) 9 9294 – 0838 / (81) 9 9756 - 1298

 

 

Tags: bh

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
23 de março de 2017