Dicas

Oficina: Hora certa de fazer a repintura

Danificar o pigmento do carro pode ser mais fácil do que se imagina, mas para corrigir não tem nenhum bicho de sete cabeças e o preço compensa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 30/06/2016 13:21 / atualizado em 30/06/2016 13:42 Débora Eloy
Uma pintura bem preservada é fundamental para conservar a aparência de um veículo ou até mesmo na hora da revenda. Mas existem alguns fatores que podem ajudar na resistência da pintura de um carro, principalmente se já é uma repintura. Quando o motorista opta por revitalizar a pigmentação, é preciso ficar atento ao material utilizado, produtos a base de água ou alto-sólidos aumentam a durabilidade da cor quando comparados aos materiais convencionais. Os profissionais responsáveis pelo serviço devem ter conhecimento específico na preparação e aplicação dos produtos. O local onde será feita a repintura deve estar em bom estado de conservação e limpeza, já que qualquer grão de areia pode colocar todo trabalho a perder.

Boas práticas ao volante e conservação de limpeza do veículo são dois fatores que contribuem para uma maior durabilidade e resistência da pintura automotiva. Algumas práticas que ajudam no desgaste precoce são polimentos frequentes e deixar o automóvel sujo.

Sol é inimigo da tonalidade original do veículo - Gabriel Godoy / Divulgação Sol é inimigo da tonalidade original do veículo


Mas como nem sempre é possível evitar aquele arranhão ou mancha, a saída é visitar uma oficina. Osani Godoy Júnior é gerente da Auto Center João de Barros e elenca quais as principais causas para os clientes realizarem o procedimento. “Arranhões derivados de batida, pintura queimada por causa do sol ou até mesmo para dar aquela melhorada no visual são motivos para pintar o carro”. Mesmo no inverno, o Recife é conhecido por seu sol forte, o maior rival de um automóvel reluzente, mas Júnior dá algumas dicas para proteger seu carango. “É possível prolongar a tinta com uma proteção de pintura que é aplicada a cada quatro meses dependendo da rotina do motorista, mas é sempre bom estacionar em um local coberto, protegido do sol e dos pássaros”, esclarece.

As intempéries e sujeiras são as maiores vilãs da pintura, por isso para apresentá-lo sempre com aparência de novo é bom investir na proteção e limpeza. É bom checar na oficina que irá realizar o procedimento se a tinta utilizada é resistente à raios UV. Caso contrário o desbotamento e a calcinação (queima) podem ser precoces. Deixar o veículo embaixo da sombra de uma árvore pode ser uma boa ideia, já que não há incidência de luz direta e preserva a temperatura.

Repintura exige técnica e limpeza do ambiente - Lais Telles / Esp. DP Repintura exige técnica e limpeza do ambiente


Porém, os riscos de ter a cor do carro prejudicada aumentam pelo alto nível de acidez que existe nas seivas das árvores e fezes dos animais. Cobrir o carro também requer um cuidado especial. É importante mantê-lo uniformemente protegido em toda sua superfície com um protetor de boa qualidade.

Tags: preço

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
20 de outubro de 2017