O que fazer

Saiba o que fazer se perder a placa do carro em uma enchente

Alagamentos podem afetar além da parte mecânica dos veículos, a parte externa; Saiba como lidar com as situações que podem acontecer

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/06/2016 14:01 / atualizado em 02/06/2016 14:36 Débora Eloy

Junho chegou e depois do pé d’ água da última segunda-feira, é bom abrir os olhos! A atenção nas pistas deve ser redobrada e dirigir por ruas alagadas deve estar no topo da lista de práticas a serem evitadas. Além do risco da água afetar a parte mecânica do carro, a área externa também está sujeita a avarias, como é o caso das placas. É comum, durante a tentativa de atravessar um trecho alagado, que o automóvel perca uma, ou até mesmo as duas identificações, isso acontece por conta do contato da água com os parafusos de fixação das placas, que acabam desprendendo. Caso isso ocorra, é necessário fazer uma visita urgente a um ponto de atendimento do Detran mais próximo.

 

Guilherme Verissimo / DP
 

 

Quem for pego dirigindo sem a placa estará sujeito a receber uma multa gravíssima no valor de R$ 191,54 e ainda recebe sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação e tem o veículo apreendido. Segundo a gerência de fiscalização do Detran, para solicitar uma nova placa dianteira não é necessário fazer vistoria prévia. Ao contrário da placa traseira, em que o processo é um pouco diferente, já que só é possível realizar a reposição do equipamento depois de uma vistoria veicular. Os agentes do órgão precisam averiguar se houve violação do lacre por má-fé. “O proprietário do carro paga o valor relativo ao reemplacamento do automóvel diretamente em uma das casas de placa credenciadas”, relata o gestor de registro de veículos do Detran-PE, Eder Walter.

Não é preciso agendar o atendimento para solicitar a confecção de uma nova placa. O valor do documento é de R$ 29,77 e, após a liberação, o responsável pelo veículo deve ir até uma das lojas credenciadas pelo Detran. O valor de uma placa dianteira custa em torno de R$ 67,17. A placa traseira custa um pouco mais, R$ 116, isso porque ela precisa do adicional que é o lacre de segurança.

 

"Estava tentando voltar para casa em Rio Doce, onde estava tudo alagado. Perdi a placa e tive que pegar as tazas", afirma a professora Magna Dornelas
 

 

A professora Magna Dornelas perdeu a placa dianteira em uma das últimas enchentes da Região Metropolitana do Recife. “Estava tentando voltar para casa, em Rio Doce, onde estava tudo alagado. Tive que dar a volta por Jardim Atlântico, mas lá também estava cheio. Perdi a placa e tive que pagar as taxas”, comenta Magna. Ela precisou realizar a visita a um ponto de atendimento do Detran-PE imediatamente, mesmo pensando que teria cinco dias para regularizar, onde desembolsou o valor referente à documentação de perda da placa dianteira, um pouco mais barato.

Vistoria
A perícia só é realizada caso a placa traseira esteja perdida. Também não é preciso agendar esse tipo de procedimento, já que se trata de um atendimento de emergência. Porém, é importante ficar alerta para o local onde é realizada a reposição da placa. O item não pode mais ser pintado, o que era muito comum. É preciso que a placa tenha a película refletiva e um código de barras que comprove a autenticidade da identificação. Além da sede do Detran-PE, que fica na Estrada do Barbalho, na Iputinga, outros pontos de atendimento do órgão são encontrados em todos os principais shoppings da região metropolitana do Recife, além dos expressos cidadão.

Serviço

Mundo das Placas
Avenida Herculano Bandeira,
nº 434 – Pina – Recife – PE
Fone: (81) 3061.4102

Casa das Placas
Rua da Concórdia, nº 800 –
São José – Recife – PE
Fone: (81) 3334.0777

Art Placas
Estrada do Barbalho, nº 964,
Iputinga – Recife – PE
Fone: (81) 3272.5996

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
21 de março de 2017
20 de março de 2017