Entrevista

ENTREVISTA: Mercado do Nordeste como principal foco da Ford

Confira a entrevista da editoria do Vrum com o novo gerente geral de vendas da Ford Brasil, Antônio Baltar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/06/2016 13:45 / atualizado em 02/06/2016 16:49 Jorge Moraes /Diario de Pernambuco

Morando em São Paulo, o pernambucano, funcionário de carreira da Ford, Antônio Baltar, assume seu maior desafio dentro da montadora, comandar o departamento de vendas no país. No Recife, já atuou como gerente regional e promoveu o crescimento da rede pelo Nordeste. Agora, a missão será conectar o consumidor moderno com o line up da montadora e dedicar, no primeiro tempo da gestão, parte do desafio, esforços para comercialização da nova Ranger, com lançamento oficial para a rede neste sábado. Acompanhe nosso bate papo e veja também o que vem pela frente.

 

Pernambucano Antônio Baltar passou a comandar as vendas da Ford no Brasil - Assessoria de imprensa Ford /Divulgação Pernambucano Antônio Baltar passou a comandar as vendas da Ford no Brasil
 

 

DP - Baltar, você que esteve morando em Detroit,  retornou ao Brasil, foi para a área de caminhões e agora assume a gestão nacional de vendas de automóveis da Ford no país. Qual o primeiro desafio?
Antônio Baltar - Foi muito importante a minha experência profissional nos Estados Unidos, um dos maiores mercados do  mundo, e no meu retorno ao Brasil, a passagem pelas áreas de vendas, marketing e serviços de caminhões, um segmento muito competitivo a exemplo do que está acontecendo nas vendas de automóveis e picapes. Como base neste trabalho, um dos desafios na minha nova função é manter o alto nível de relacionamento com a rede de distribuidores, a linha de frente com os consumidores e sempre de fundamental importância no negócio.

DP - Como conectar ainda mais o consumidor moderno ao line up Ford a partir das concessionárias que são vitrines vivas?
Baltar - O papel do distribuidor é fundamental nesse ciclo de compra. Usando a internet, o cliente pode hoje visitar o fabricante remotamente, mas é no distribuidor que vai ter o contato pessoal com a marca e constuir a fidelidade com a Ford. Temos visto e apoiado importantes investimentos da rede na modernização e padronização de nossos pontos de vendas, além do atendimento de excelência no pós-vendas. Para a Ford e seus distribuidores, a compra é importante, mas fundamentalmente a visão de excelência deve incluir as fases de revisões , garantia e pós venda.

DP - Planos e foco ainda maiores no Nordeste?
Baltar - (Risos) ...Como bom nordestino (e pernambucano),  não posso deixar de focar com outros olhos para o Nordeste, até porque nosso principal complexo industrial está nessa região. Em Camaçari, fabricamos alguns de nossos melhores produtos, como o Novo Ka, o Ka+ e o EcoSport. Também produzimos o motor 1.0 mais atual do mercado brasileiro que equipa a linha Ka. Na região como um todo, temos uma excelente rede de distribuidores. Por tudo isso, e pela importância que este mercado tem para a Ford, estarei sempre atento às necessidades dos nossos clientes e o objetivo final é continuar crescendo tanto em vendas como em serviço.

DP - A picape Ranger é a bola da vez? O que esperar do produto?
Baltar - Certamente, a Ranger é uma das “bolas” da vez da Ford, no melhor dos sentidos dessa figura de linguagem. Particularmente, o mercado do Nordeste tem uma grande aceitação de picapes médias onde a Ranger já tem um volume de vendas importante. Agora, com a chegada da 2017, nosso potencial de crescimento é ainda maior. Posso falar com convicção, que nossos times de engenharia, qualidade, marketing, entre outros setores, fizeram um ótimo trabalho para entregar a melhor picape do mercado. Colocamos um  produto com muito  conteúdo, segurança e tecnologia visando a melhor proposta do segmento para nossos clientes em termos de uma picape de alto nível. É importante também destacar  uma nova versão XLS exclusiva, equipada com motor a oléo diesel 2.2 e transmissão automática.

DP - A marca anunciou o Fiesta EcoBoost. O que esperar dele e em seguida do novo Edge em julho e agosto?

Baltar - Em breve, estaremos anunciando as novidades dessas duas linhas de produto. Podemos adiantar que trazem alto padrão de tecnologia em linha com modelos produzidos globalmente. Temos certeza que nossos clientes ficarão muito satisfeitos com estes produtos, mas  os detalhes serão apresentados nos eventos para a imprensa já programados. Só para dar uma idéia o New Fiesta 1.0 EcoBoost será a versão mais potente do segmento (125 cv no 1.0). O Novo Edge também será “sensacional”.

DP - Algum plano diferenciado de pós-venda, como revisões mais baratas ou prazos maiores?
Baltar - O nosso plano de fidelidade passa pelas oficinas e uma excelência no atendimento. A linha Ford 2017 passou a contar com um novo plano de manutenção com preço fixo, onde o cliente já sabe o valor das revisões antecipadamente. Por exemplo, a linha do Novo Ka e Ka+ 1.0 ou 1.5 tem sua revisão de um ano (ou 10 mil km) pré fixada em R$ 268.

DP - Existe na Ford, em sua plataforma de vendas, um argumento forte de defesa contra o atual cenário econômico nacional?

Baltar - Realmente o cenário econômico é desafiante. Entendemos que após esse período temos condições de retomar o crescimento do setor. A Ford, junto com a Ford Credit, seu braço financeiro,  tem oferecido planos de financiamento vantajosos ao cliente com taxas de juros subsidiadas. Atualmente, realizamos mais de 70% de nossas vendas por intermédio de financiamento e compreendemos que o valor da parcela é muito importante para o cliente. Basicamente,  a nossa linha de produtos conta com taxa zero.

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
23 de maio de 2017
22 de maio de 2017