Comodidade e segurança

Carro do futuro não voa, mas chega perto

Novidades automotivas se concentram na tecnologia, mas precisam ser mais acessíveis

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 04/04/2016 10:45 / atualizado em 05/04/2016 14:40 Débora Eloy
Clarity Fuel Cell da honda é um exemplo ecológico - Jorge Moraes/DP Clarity Fuel Cell da honda é um exemplo ecológico
A necessidade de se adaptar cada vez mais à falta de recursos ou à comodidade do cliente são alguns motivos encontrados pelas montadoras para a inovação nos veículos. Movidos a hidrogênio, maior espaço interno, internet a bordo com velocidade suficiente para baixar um filme em um minuto, que pode ajudar a fazer reparos de software automaticamente. São algumas novidades que já chegaram a um grupo mais exigente de consumidores. Porém, um único modelo ainda não dispõe de todas as novidades disponíveis. Pensando nisso, a Volvo planeja fazer a união de todos os softwares e equipamentos de segurança em um único automóvel. O objetivo é zerar, até 2020, todos os acidentes em quem estiver dentro de um carro da montadora.

Investir na segurança é algo priorizado pelas fábricas e, para isso, contam com a tecnologia. O S90, também da Volvo, tem um sistemas que detecta obstáculos no trajeto e emite um alerta para o motorista caso apareça alguma coisa na pista, evitando acidentes por desatenção. Sem contar airbags e ABS que já são obrigatórios em todos os modelos desde 2014.

Sérgio Filho deseja veículos mais sustentáveis para as próximas gerações - Débora Eloy/ESP. DP Sérgio Filho deseja veículos mais sustentáveis para as próximas gerações
O administrador Sérgio Filho, 23, aposta nessa tecnologia. “Eu gostaria que os carros pudessem ter um aplicativo instalado que detecta acidentes e sinais quebrados e possam mandar um aviso para as autoridades automaticamente, sem precisar da intervenção do motorista ou dos passageiros”. Além do desejo de que todos os carros fossem sustentáveis. “Sei que já existem carros movidos a hidrogênio e outras alternativas que não poluem o meio ambiente, mas seria bem legal se todos já fossem assim”, conta.

Motores movidos a hidrogênio, 100% não poluentes, são os que emitem apenas água como resíduo. O modelo ecológico da Honda, Clarity Fuel Cell, que segue essa linha, já está sendo comercializado no Japão. Isso prova que a realidade onde os veículos não sejam mais responsáveis por mais da metade da poluição do ar já chegou a atualidade.

Para Thiago Daniel, montadoras não priorizam conforto - Débora Eloy/ESP. DP Para Thiago Daniel, montadoras não priorizam conforto
Com relação aos desejos para os carros do futuro o fisioterapeuta, Thiago Daniel, 26, dono de uma Fiat Strada Adventure 2012, se preocupa com a comodidade na hora da escolha. “As montadoras andam focando mais na força do motor e acabam esquecendo o conforto”, explica o jovem, ressaltando sua preocupação com o conforto nos veículos de duas portas, como as picapes compactas.

Renegade e suas várias possibilidades de configuração - Jorge Moraes/DP Renegade e suas várias possibilidades de configuração
Um segmento em alta no mercado brasileiro é o dos SUV, justamente pelo conforto oferecido a bordo, espaço no porta-malas e status. O Jeep Renegade entra nessa classificação e tem forte apelo na comodidade, com seu interior amplo e diferentes possibilidades de configuração dos bancos, o que pode aumentar ainda mais o espaço.

 

[ #PorAí:

 

1- GPS de maior precisão e que faz o download de mapas direto da internet

2-  Carros autônomos, dispensando motorista

3-  Motores menores para aumentar o espaço e aerodinamicidade

4-  DVDs e videogames para os passageiros

5-  Computadores de bordo que obedecem comando de voz

6-  Faróis de xenônio, mais potentes

7-  Motores elétricos que não poluem o meio ambiente

 

[ #LogoMais:

 

1 - Software que indica automaticamente a posição do veículo para uma equipe de resgate e mostra qual a oficina mais próxima.

2- Programas de comunicação entre veículos, como o Vehicle-to-Vehicle (V2V). A ferramenta possibilita que os carros emitam alertas para outros condutores, como acidentes ou árvores na pista.

3- Sensores nas estrada conectados com os automóveis, capazes de mobilizar o veículo e com promessa de aumentar o fluxo dos automóveis de 2 mil/hora para 5.700/hora.

4- Sistema capaz de aferir os sinais vitais do motorista, como a frequência cardíaca e  pressão sanguínea por meio de flashes de luz emitidos nos dedos do motorista. O software tem autonomia para bloquear ligações, desligar o som, tomar controle parcial do automóvel e até parar o veículo. Em desenvolvimento pela Universidade de Munique e a BMW.

5- Recarregar a bateria do carro em movimento. Projeto da Audi sugere placas de indução posicionadas no chão para transmitir energia para o veículo. O protótipo Audi TT Offroad é o primeiro carro a utilizar o método.

6- Sensores infravermelhos que detectam pessoas e animais na pista a uma distância de até 300 metros.

Tags: segurança

Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
23 de maio de 2017
22 de maio de 2017