FLAGRA

Fiat Mobi é flagrado rodando no Recife

Carro produzido em Betim, Minas Gerais, é visto no bairro da Imbiribeira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/02/2016 17:00 Taciana Góes /Diario de Pernambuco

Opa, opa. A Fiat está desfilando com seu próximo lançamento pelas ruas do Recife. O projeto X1H, o futuro Mobi, foi flagrado pelo nosso amigo Caio Wallerstein, ex-Vrum, que não pensou nem duas vezes e, logo, nos avisou. Antes que você pense, o modelo não será produzido na fábrica do grupo FCA Chrysler de Goiana, apenas está na fase de testes por aqui. É lá em Betim (MG), que o carro está sendo fabricado desde janeiro, com pausas devido a erros na carroceria.

No bairro da Imbiribeira, o carro passou disfarçado - Caio Wallerstein/ DP No bairro da Imbiribeira, o carro passou disfarçado

Ao que tudo indica, o tamanho do vidro blindex de sua traseira está sendo redimensionado, entre outras coisas. Seu desenho foi feito na Itália, mas para manter o apelo do preço usará componentes de outros carros. Porém, comenta-se nos bastidores que o Mobi ficará ao "gosto do presidente Stefan Ketter", pois com toda a sua experiência tem dado toques no visual.
Veja com mais detalhes  - Caio Wallerstein/ DP Veja com mais detalhes

Todo adesivado, o hatch se prepara para ser lançado em no final de abril, com previsão de chegar às lojas na primeira semana de maio.
Tá todo mundo espiando este carro, por um motivo: a promessa é de um veículo mais equipado, com preços perto dos R$ 30 mil, bem na medida para substituir o velho Mille. Tudo indica que o Mobi virá equipado com motor 1.0 EVO, um pouco ultrapassado, mas repaginado com ganhos na potência e no torque, além de consumos mais baixos (mais de 80 cavalos são esperados).

Seu porta-malas terá cerca de 200 litros de capacidade com aproveitamento vertical, estilo o Idea, e uma tampa bem pequena, aos moldes do up!. Serão três versões: Easy, Like e Drive, com previsão de quarta versão aventureira, Way, até o fim do semestre.

Futuro Mobi, produzido em Betim, rodando com a picape Toro, feita em Goiana - Caio Wallerstein/ DP Futuro Mobi, produzido em Betim, rodando com a picape Toro, feita em Goiana

Na foto percebe-se a presença do tacko no teto, molduras nos para-lamas e pneus de uso misto com rodas de 14 polegadas. A traseira terá lanternas redondas.

 

Se ver qualquer flagra na rua, manda para a gente:

tacianagoes.pe@dabr.com.br ou jorgemoraes.pe@dabr.com.br

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
21 de julho de 2017
20 de julho de 2017