Salão de Detroit

Veja os automóveis que são exclusivos do Salão

Confira o que, pelo menos por enquanto, não vai chegar por aqui mas estampou o evento e entusiasmou quem esteve lá

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/01/2016 14:44 / atualizado em 18/01/2016 16:06 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco

Viajar tem inúmeras vantagens. Mas entrar dentro de um salão internacional de automóvel possibilita viver experiências inéditas e, principalmente, conhecer carrões que sequer irão para as ruas, no caso dos conceitos. Ou melhor, você pode cruzar com um modelo que é sucesso em outros países, mas que não tem mercado no Brasil, a exemplo da Van Pacifica. Detroit entusiasma qualquer apaixonado por automóveis, mesmo mais tímida e em tempos de crise. Veja o que não vai chegar por aqui, pelo menos por enquanto…

Infiniti Q60
O novo cupê esportivo da Infiniti imprime ainda mais respeito à marca. Com frente imponente, o veículo tem recursos futuristas, como auxiliar de pista, frenagem de emergência para a frente e avisos de colisão de backup. O interior ganhou atualização, como acentos em couro e acabamento em madeira. O Q60 vem equipado com motor twin-turbo de alto desempenho 3.0-litro e a versão mais potente desenvolve 400 cavalos de potência.

 

Infiniti Q60 - Jorge Moraes / Divulgação Infiniti Q60
 

 

Lincon Continental
O novo carro-chefe da Lincoln ganhou sistema de iluminação inteligente, que acende com a presença da chave. O motor 3.0 litros V6 twin-turbo de 400 cavalos garante a força. No interior, detalhes em madeira e em alumínio. O carro só chegará nos EUA e na China.

 

Lincon Continental - Jorge Moraes / Divulgação Lincon Continental
 

 

Fiat 124
O roadster italiano, que estreou em 1966, volta em grande estilo. Capô com esculturas duplas no visual e motor 1.4 l  160 cv e 249 Nm de torque, que pode ser combinado com uma caixa de 6 velocidades manual ou automática. O modelo chegará ao mercado norte-americano no Verão de 2016.

 

Fiat 124 - Jorge Moraes / Divulgação Fiat 124
 

 

Chevrolet Bolt
A GM revelou a versão de produção do Bolt elétrico e com autonomia de 300 km. Com sistema de navegação capaz de apontar estações de recarga próximas e de traçar rotas que maximizem a autonomia, o Bolt EV deve chegar ao mercado norte-americano por quase US$ 30 mil. Brasil? Difícil.

 

Chevrolet Bolt - Jorge Moraes / Divulgação Chevrolet Bolt

 

 

Tags: sport

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
26 de junho de 2017