Lançamento

Suape pronto para receber a nova Hilux

Toyota apresenta nova geração da picape em seis versões com motor a diesel, mudanças visuais e reforço na segurança

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 09/11/2015 12:35 Taciana Góes /Diario de Pernambuco


Mendonza (Arg)
- Na rua, na chuva ou na fazenda. A Hilux é pau para toda obra. A música de Kid Abelha bem que poderia ser a inspiração da oitava geração da picape da Toyota. Bem arrojado, o utilitário recebeu um up no visual e força na motorização. Suas versões foram mais incrementadas e ainda ganharam mais uma opção, a SRX, topo de linha. O modelo chega às lojas no próximo 18 e a partir do dia 30 virá via nova Central de Distribuição da Toyota, em Suape, o que deve agilizar o tempo de espera.

 

De para-choque a para-choque a nova Hilux promete cativar o picapeiro com mais dinheiro no bolso  - Taciana Goes/DP/D.A Press De para-choque a para-choque a nova Hilux promete cativar o picapeiro com mais dinheiro no bolso
 

 

Com pinta de carro grande de passeio, a Toyota oferece conforto para os ocupantes e disposição para enfrentar aventuras na lama, incluindo altos declives. Os preços variam de R$ 114.860 a R$ 188.120. Neste primeiro momento só serão vendidas as motorizações a diesel, já que a versão flex será lançada apenas no segundo semestre de 2016.

 

Ao todo são 6 versões, que foram reposicionadas, e todas têm tração 4x4 e motor 2.8 l. O câmbio passou a ter seis velocidades e tem opção automática a partir da SR, modelo que custa R$ 162.320 e deverá ser a preferência do consumidor.

O teste da picape foi radical. O carro ficou inclinado em ângulos extremos e manteve a firmeza nas descidas e momentos de passagens nos terrenos repletos de lama. Mas o consumidor do Toyota também aprova o modelo para uso urbano. Por isso, o interior recebeu atenção especial e ficou muito parecido como o do Corolla, mais sofisticado. Aquela entrada de ar do intercooler bem em cima do capô foi eliminada. As versões SR, SRV e SRX têm porta-luvas refrigerado.

 

A traseira ficou charmosa com abertura da tampa cromada e câmera de ré - Taciana Goes/DP/D.A Press A traseira ficou charmosa com abertura da tampa cromada e câmera de ré
 

 

De frente, a picape ganhou um paralama mais largo, por ter incorporado à grade. O carro cresceu um pouco e passageiros do banco traseiro irão perceber, já que ganharam 3,5 cm de espaço no joelho. Na top, os faróis são de LED e tem ajustes de altura, enquanto as outras virão com faróis de halogênio. Os de neblina só na SRV e SRX. Nas dimensões, aumento no comprimento (+ 7 cm) e 2 cm na largura. As rodas de liga leve 18 polegadas compõem a SRX; as outras calçam 17''.

A traseira ficou charmosa com abertura da tampa cromada e câmera de ré. A capacidade de carga melhorou com ganhos na dimensão - largura (+2,5 cm) e altura (480 mm) - e reboque que suporta até 3,5 toneladas.

 O motor é o novo da série global diesel, que proporciona aumento de 22% no torque com transmissão manual(42.8 kgfm entre 1.400 e 2.600 rpm) ou automática de 31% (45 kgfm entre 1600 e 2400 rpm). Com 200 cilindradas a menos, a potência ganhou 6 cavalos extras (agora são 177 CB a 3.400 rpm). Os dados do consumo são 9,03 km/l (cidade) e 10,52 km/l (estrada), mas no câmbio automático.

Todas as versões têm freios ABS com EBD e assistente de frenagem emergiriam. Já o controle de estabilidade, que evita derrapagem e capotamento, será de série nas versões SRV e SRX.

Preços:

Chassi 6M/T R$ 114.860

Cabine simples 6 M/T R$ 118.690

STD 6 M/T R$ 130.960

SR 6 A/T R$ 162.320

SRV 6 A/T R$ 177 mil

SRX 6 A/T R$ 188.120

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
22 de julho de 2017
21 de julho de 2017
20 de julho de 2017