Salão de Tóquio

Conheça os principais carros "verdes" do Salão de Tóquio

Veículos movidos a hidrogênio e elétricos foram destaques e dialogam com o futuro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 05/11/2015 12:52 Taciana Góes /Diario de Pernambuco

Se a lição de Tóquio para o mundo funcionar, pode esperar, em breve, teremos veículos com emissões zero. Isso mesmo. Modelos movidos a hidrogênio já são realidades - ainda em pouca quantidade e caras - no território do Japão. No Brasil, o governo sinalizou com boas intenções a vinda desses modelos e concedeu isenção no imposto de importação para automóveis movidos exclusivamente por esse tipo de combustível verde. O Tokyo Moto Show mostrou dois da Honda e da Toyota, com boas autonomias e simpático layout. Lembrando que na prática esse tipo de veículo é, na essência, um elétrico, mas ao invés de carregar o carro na tomada, o hidrogênio é que produz essa energia. E o que ele solta pelo escapamento é água, ao invés de gases nocivos como no caso do motor a combustão. Entre as vantagens também está a de uma bateria mais resistente e rápidos reabastecimentos - um tanque de hidrogênio leva cerca de 3 minutos em estações apropriadas, enquanto um elétrico necessita de horas na tomada.

Mirai
Com vendas iniciadas no Japão, o carro da Toyota chegará, em breve, a alguns países da Europa e aos Estados Unidos. O número de unidades que serão produzidas neste ano é limitado: 300. Uma pequena mostra da capacidade da montadora japonesa. Esse carro movido com célula de combustível é considerado veículo com emissão zero de poluentes, pois a água é o único subproduto consumido pelo hidrogênio.

Clarity Fuel Cell

 

Clarity começa a ser vendido no Japão em março de 2016 - Jorge Moraes/DP/D.A Press Clarity começa a ser vendido no Japão em março de 2016
 

 

O modelo já tem data para ser vendido no Japão: março de 2016. Num primeiro momento, apenas empresas e órgãos do governo terão acesso e o preço, por enquanto, não é muito convidativo, cerca de R$ 246 mil. O Clarity pode realizar percursos de até 700 quilômetros com apenas uma carga.

Prius

 

Prius teve capacidades de carga e autonomia ampliadas - Toyota/Divulgacao Prius teve capacidades de carga e autonomia ampliadas
 

 

 A Toyota estreou a quarta geração do Prius em Frankfurt, mas em Tóquio o carro continuou sendo o foco. O modelo, vendido no Brasil, promete ser o símbolo do novo padrão de automóvel, com redução nas emissões de poluentes. Seu design foi incorporado a nova plataforma global da Toyota (TNGA). A versão híbrida teve as capacidades de carga e autonomia ampliadas. A expectativa é que o carro de produção tenha redução de peso e aumento de potência.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
18 de janeiro de 2017
17 de janeiro de 2017