Serviço

A vez do usado na web

Compra de seminovos é alternativa em tempos de crise. Busca na internet aumenta, mas é preciso acessar sites de confiança

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/10/2015 12:12 Thainá Nogueira /Diario de Pernambuco

Em meio a um cenário de recessão econômica, a aquisição de um seminovo surge como uma alternativa na compra de um automóvel. E as buscas na internet estão aceleradas. Um estudo da Le Fil Consultoria mostra que no site de busca Google as consultas relacionadas ao termo "comprar carro", em 2015, estão mais vinculadas a modelos usados do que aos novos. Os termos recorrentes são "como comprar carro" e "qual carro comprar".

Pedro Melo comprou um Fusca 1986 através de anúncio na internet  - Nando Chiapetta/DP/DA PRESS Pedro Melo comprou um Fusca 1986 através de anúncio na internet


O cientista da computação Pedro Melo é dono de um Fusca ano 1986. Melo afirma ter comprado o seu veículo através de um website e não registrou problemas com a compra, além de não pretender trocar de automóvel e nem se arrepender da aquisição. "O custo para manter o meu carro, mesmo que sejam frequentes as manutenções, é baixo porque é um carro barato. Mas o que mais me deixa satisfeito é em relação ao valor do imposto que eu pago, pois já que o Fusca sofre depreciação, a taxa que pago é bem menor comparada a carros novos", conta Pedro.

O presidente da Federação Nacional das Associações dos Revendedores de Veículos Automotores (Fenauto), Ilídio Gonçalves dos Santos, é taxativo quanto à compra de veículos de segunda mão. Segundo ele, a Lei 13.043, sancionada em novembro do ano passado, que traz mais praticidade e facilidade às execuções em casos de inadimplência, acelera as vendas dos seminovos. "Como o risco diminuiu, os bancos poderão oferecer crédito com menos burocracia", detalha.

Portal Vrum oferece opções de modelos usados - Vrum/Reproducao da Internet Portal Vrum oferece opções de modelos usados


A maior parte dos negócios é feita entre o dono e a loja, mas mesmo assim o segmento dos usados tem uma participação importante nos classificados dos portais de anúncios de veículos e em aplicativos de smartphones, além dos clássicos anúncios nos jornais. Sabendo procurar é possível encontrar boas opções: podem ser ultrapassados, obsoletos, mas ainda têm muita lenha pra queimar.

Dicas de anúncio:

1. Tenha o Manual do Proprietário - ajuda a passar a imagem de melhor preservação do carro e também na hora de fazer o checkup de pré-venda. Guarde todos os papeis que possam comprovar que o carro foi bem cuidado têm valor para o mercado.

2. Tudo original - Evite acessórios que modificam o visual original do veículo. Por exemplo, sons automotivos enormes e chamativos, a não ser para compradores específicos que buscam isso, não ajudam no valor de revenda, acredite.

3. Tire todas as dúvidas - Quando for atender para venda seja prestativo, vá direto ao ponto e tire todas as dúvidas que o possível comprador tiver.

4. Documentado - Lembre-se, nunca entregue o documento do carro para um estranho. Quando ocorrer a venda, preencha o certificado de registro do veículo com o nome do novo comprador, assine e reconheça firma. Tire cópias: uma fica com você e a outra deve ser enviada ao Detran de sua cidade para atestar a transferência e isenção de responsabilidade sobre futuras multas ou incômodos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
20 de janeiro de 2017
19 de janeiro de 2017